cdl novo

Pai e filho são assassinados a tiros e pauladas em Ponte Alta do Bom Jesus

Conforme familiares, crime teria sido motivado por demarcações de divisa de propriedade, já que as vítimas já vinham sendo ameaçadas

RAIMUNDA CARVALHO, DA REDAÇÃO 22 de Jun de 2017 - 13h08, atualizado às 14h13
Compartilhe
Da Redação
Foto: Arquivo pessoal
Tibúrcio Cirqueira e Bruno Cirqueira foram assassinados quando retornavam do trabalho
Um crime bárbaro abalou a população de Ponte Alta do Bom Jesus. No dia 10, Tibúrcio Cirqueira, 50 anos, mais conhecido como “Pretinho”, e seu filho Bruno Cirqueira, 22 anos, foram assassinados a tiros e pauladas, em uma emboscada quando pararam para abrir uma porteira, na zona rural de Ponte Alta do Bom Jesus, quando retornavam do trabalho.

De acordo com um membro da família, que preferiu não ser identificado, pai e filho foram mortos de forma brutal. “Foi um crime bárbaro, sem chance de defesa, com requintes de crueldade. A população está em choque. Queremos justiça”, disse a fonte.

Segundo a fonte, o crime foi motivado por demarcações de divisa de propriedade, já que as vítimas já vinham sendo ameaçadas, inclusive com vários registros de BO na delegacia local. “A família enlutada clama por justiça, e espera que os assassinos sejam presos o mais rápido possível, a fim de que justiça seja feita”, disse.

A fonte ressaltou que as investigações correm em segredo. “Não sabemos nada a respeito das investigações. Vamos em busca de notícias, mas eles não dão detalhes a respeito. Eles só dizem que não podem falar nada para não atrapalhar os trabalhos. Não temos conhecimento de nenhum detalhe”, contou a fonte lembrando que no domingo, 25, acontecerá uma passeata na cidade com pedido de justiça.

Investigação
De acordo com Secretaria de Segurança Pública (SSP), a Polícia Civil (PC) está investigando o caso e que o delegado responsável pela ocorrência não autorizou falar mais nada sobre o crime.

Comentários

Redação: Palmas, Tocantins, Brasil, +55 (63) 9 9219.5340, +55 (63) 9 9216.9026, [email protected]
2005 - 2017 © Cleber Toledo • Política com credibilidade
ArtemSite Agência Digital