cdl novo

Musafir diz que tem seguido meta de ampliar cobertura e qualidade da saúde

Plano Estadual 2016/2019 foi apresentado para deputados, promotora, juíza e técnicos da área

Da Redação 13 de Sep de 2017 - 18h57, atualizado às 08h36
Compartilhe
Foto: Nielcem Fernandes/Governo do Tocantins
Secretário Marcos Musafir durante apresentação do Plano Integra Saúde Tocantins, que prevê o fortalecimento das ações na área

O secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir, apresentou nesta quarta-feira, 13, o Plano Estadual da Saúde 2016/2019, durante audiência pública realizada na Assembleia Legislativa do Estado. Na ocasião, o secretário afirmou que tem seguido a meta de ampliar a cobertura e a qualidade dos serviços de saúde e desenvolver a cultura do gerenciamento dos custos. Como exemplo, ele citou a ampliação do Hospital Geral de Palmas (HGP), que recentemente recebeu 192 novos leitos.

O Plano Integra Saúde Tocantins prevê o fortalecimento das ações estruturantes com a proposta de inovação e modernização. Para isso, traz um diagnóstico dos desafios da atenção à saúde no Tocantins com objetivo de promover a gestão e viabilizar o acesso da população à saúde com qualidade, considerando as necessidades regionais.

O secretário lembrou que o plano já está em execução e segue pautado em cinco diretrizes básicas: “Melhoria da qualidade de vida da população, com redução da mortalidade infantil e materna; aprimoramento da gestão hospitalar; fortalecimento da promoção da saúde, da prevenção, das ações e serviços de vigilâncias epidemiológica, sanitária, ambiental e a saúde do trabalhador; aprimoramento da gestão estratégica e participativa no SUS e promoção da educação permanente dos trabalhadores do SUS e regulação do trabalho”, explicou Musafir.

Investimento
O deputado Eli Borges (Pros) aproveitou o momento para chamar atenção para a capacidade de investimento, que vem caindo. “Isso tem acontecido porque, atualmente, o Estado coloca 85% dos recursos para folha de pagamento de servidores da Saúde, restando muito pouco para investimentos em ações”, disse.

Presentes na audiência, a promotora de Justiça, Maria Roseli, e a juíza federal, Denise Drumond, destacaram o apoio as ações da Secretaria de Saúde que visem garantir a assistência aos usuários do SUS no Estado.

Casa Aberta
A deputada estadual Valderez Castelo Branco (PP), presidente da Comissão de Saúde da AL, destacou que a Casa está aberta para apoiar a gestão, discutindo e propondo mudanças para melhorar a eficiência do setor. “Parabenizo o trabalho do secretário e de sua equipe que não medem esforços para avançar na assistência à população e novamente estão aqui discutindo e apresentando soluções para os problemas”, disse a deputada.

A parlamentar lembrou que nos projetos de financiamentos propostos pelo governo estão garantidos recursos para reformas e ampliações de hospitais e reforçou que os investimentos devem reforçar também a atenção básica de saúde como forma de desafogar os hospitais de urgência e emergência.

Em relação ao cumprimento da carga horária dos servidores, assunto amplamente debatido, Valderez disse que é preciso respeitar os editais de ingresso no serviço público, de acordo com os cargos e funções exercidas. “O pagamento de insalubridade aos servidores deve ocorrer com justiça e para todos que de fato tem direito. Aguardamos o projeto aqui na Assembleia para argumentarmos e fazer as correções devidas, seguindo levantamento técnico da Secretaria da Saúde”, reforçou.

Além dos deputados e do secretário da Saúde, participaram da Audiência Pública servidores e técnicos da área da saúde no Tocantins. Como resultado do encontro, foram feitos diversos encaminhamentos no sentido de concretizar ações e projetos propostos.

Comentários

Redação: Palmas, Tocantins, Brasil, +55 (63) 9 9219.5340, +55 (63) 9 9216.9026, [email protected]
2005 - 2017 © Cleber Toledo • Política com credibilidade
ArtemSite Agência Digital