CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Casa de Vegetação, do curso de Agronomia, é inaugurada no Ceulp/Ulbra

Casa de Vegetação, do curso de Agronomia, é inaugurada no Ceulp/Ulbra
5 (100%) 1 voto

O curso de Agronomia do Centro Universitário Luterano de Palmas (Ceulp/Ulbra) comemora mais uma grande conquista em sua história: a Casa de Vegetação, inaugurada no dia 4. A instalação é um instrumento de proteção ambiental para produção de plantas com ambiente interno é controlado. O espaço é utilizado pelo curso para investigação científica, extensão universitária e aulas práticas.

Com 234 metros quadrados de área construída e sistema de nebulização automatizado e iluminação, a Casa de Vegetação possui capacidade de 500 vasos para o cultivo das plantas. Segundo o coordenador do curso de Agronomia do Ceulp/Ulbra, doutor Marcos Morais Soares, a estrutura é um excelente meio para análise e acompanhamento de elementos da experimentação agrícola.

“É um ambiente protegido, onde é possível controlar muitos fatores de produção, diferentemente do que ocorre no campo. Previamente, é feito a análise de solo, empedramento do solo para uniformização, pesagem e colocação de forma padrão nos vasos para conduzir os experimentos”, explica o coordenador Marcos.

De acordo com ele, a Casa de Vegetação oportuniza e agrega novos conhecimentos na vida acadêmica dos alunos, preparando-os de forma integral para o gerenciamento de fatores que implicam diretamente no exercício da Agronomia.

Atualmente, dezesseis acadêmicos do curso envolvidos na iniciação científica atuam diretamente na Casa de Vegetação, supervisionados por docentes, e já há experimentos em desenvolvimento. Três deles são de milho e quatro de soja, todos nas áreas de fertilidade e nutrição mineral de plantas, fixação biológica de nitrogênio e avaliação de cultivares.

Sobre o curso
O curso de Agronomia do Ceulp/Ulbra possibilita aos acadêmicos conhecimentos teóricos e práticos nas diferentes áreas da Agronomia. Além de trabalhar na extensão, pesquisa e investigação científica, visando o desenvolvimento da ciência e a difusão das conquistas e benefícios resultantes da pesquisa científica, tecnológica e da criação cultural geradas na instituição.

O curso possui um colegiado qualificado, formado por mestres e doutores, com atuação e experiência prática em diferentes áreas da Agronomia. O curso dispõe estrutura completa, com diversos equipamentos e laboratórios: análise e produção de sementes; anatomia vegetal e animal; química; solos; irrigação e drenagem; topografia e geoprocessamento; agroecologia; fazenda escola; e outros.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também