CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Fundação Pró-Tocantins e Hospital de Amor se reúnem para estudar futuras parcerias

Fundação Pró-Tocantins e Hospital de Amor se reúnem para estudar futuras parcerias
5 (100%) 1 voto

A diretoria da Fundação Pró-Tocantins se reuniu nessa quarta-feira, 6, com representantes do Hospital de Amor no Estado, com o intuito de apresentar o projeto e estudar futuras parcerias com a Fundação.

A reunião contou com a presença do diretor-presidente coronel PM da reserva Luiz Cláudio Benício, tenente-coronel QOPM Antônio Corsini Neto, diretor administrativo e o 2º tenente PM da reserva Marconi de Sousa, diretor financeiro, representantes do FA+Saúde e gerente de Projetos e Benefícios da Fundação.

O coordenador do projeto no Tocantins, Leonel Dias, e Mônica Avelino, arquiteta voluntária, frisaram a importância de um Hospital especializado em Câncer para o Tocantins e Estados vizinhos e as formas de contribuição ao Hospital de Amor.

Em 2018 o Hospital de Amor atendeu mais de 192 mil pacientes em 2.167 municípios do país, o que demonstra a relevância deste projeto a população.

Como ajudar
Podem contribuir com o Hospital de Amor Pessoa Física e Jurídica, para obter mais informações ligue para Leonel Dias, (63) 98481-4107. Apenas pessoas cadastradas podem falar em nome do Hospital de Amor, por isso é importante conferir a identidade do representante por meio do crachá de identificação.

Hospital de Amor do Tocantins
As obras da primeira fase da unidade do Hospital do Câncer de Barreto em Palmas começaram no final de 2017. Os operários trabalham nos prédios que vão abrigar o ambulatório, a administração e os setores de radioterapia e quimioterapia. O projeto completo deve custar mais de R$ 100 milhões só para ser construído, sem levar em consideração os equipamentos que precisarão ser colocados no local. Quando ficar pronto, a expectativa é atender 37 mil pacientes que sofrem com a doença e hoje precisam viajar para fazer o tratamento. (Com informações da assessoria).


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também