CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

GURUPI – Após pressão, Ipasgu revoga portaria que excluiu procedimentos do plano do servidor

GURUPI – Após pressão, Ipasgu revoga portaria que excluiu procedimentos do plano do servidor
5 (100%) 1 voto

O Instituto de Assistência dos Servidores de Gurupi (Ipasgu) revogou já no fim da tarde de quarta-feira, 10, a Portaria que excluiu da cobertura do plano do funcionalismo público uma série de procedimentos médicos, hospitalares e odontológicos. A decisão foi tomada após pressão feita pelo Sindicato  dos Servidores  Públicos (Sisemg) diretamente ao prefeito Laurez Moreira (PSDB).

Em comunicado à imprensa, o Sisemg afirma que buscou resposta diretamente junto ao prefeito logo que tomou conhecimento do teor do texto. Apesar de assinado no dia 15 de março pela presidente do Ipasgu, Rita Maria Marques, a Portaria só foi tornada público no início deste mês, segundo informações do vereador Jenilson Alves (PRTB).

A presidente do Sisemg,Lucileia Barbosa, comemorou a resolução rápida. “O sindicato  fez questão de pedir  explicação ao gestor [Laurez Moreira], que  foi aberto ao diálogo e nos atendeu. Entendeu  que o ato publicado precisaria ser revogado. Estamos felizes  com o resultado e continuaremos lutando para garantir os direitos dos servidores “, resumiu a sindicalista.

Prejuízo
Sob o argumento do “equilíbrio financeiro”, o texto da Portaria tirava do plano dos servidores os serviços de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), acomodações especiais, o atendimento à domicílio, além das cirurgias de grande porte, as cardiovasculares, as ortopédicas e uma série de outros procedimentos cirúrgicos. Na área odontológica seriam excluídas as possibilidades de implantes, aparelhos, próteses e cirurgias faciais.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também