Fundação Cultural de Palmas promove première do filme “O barulho da noite”, da tocantinense Eva Pereira, para convidados e imprensa

O filme tocantinense “O barulho da noite”, dirigido pela cineasta Eva Pereira, será exibido em quatro sessões première promovidas pela Fundação Cultural de Palmas (FCP), exclusivamente para convidados e imprensa. As sessões acontecerão nesta terça-feira, 21, às 19h30, no Cinemark Capim Dourado Shopping; na quarta-feira, 22, às 19 horas, na Comunidade Jaú e às 20 horas, na programação do Cine Debate, no auditório da Reitoria da Universidade Federal do Tocantins (UFT), com a presença de equipe técnica e elenco, incluindo a atriz Emanuelle Araújo, uma das protagonistas do filme.

As sessões antecedem a participação do filme em festivais internacionais. “O barulho da noite” conquistou avaliações positivas da crítica especializada de cinema e do público de festivais importantes no Brasil, como o 51º Festival de Cinema de Gramado; a Mostra Maranhão na Tela 2023; e a 47ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, justificando o esforço da produção em retratar no filme a cultura tocantinense nas expressões da Folia do Divino Espírito Santo.

ATO DE BRAVURA E VITÓRIA

A crítica Aline Pereira, do AdoroCinema, disse que o filme é “um ato de bravura e vitória”, ao pontuar a maneira como Eva Pereira trabalha o tema que dá tensão ao seu enredo. O crítico Robson Nunes, do Vigília Nerd, também recomenda a obra. “Posso afirmar que O Barulho da Noite é um filme único, com um olhar único e boas decisões artísticas”, crava.

A cineasta Eva Pereira disse que a resposta da crítica e do público ao filme, faz jus à sua intenção. “Eu não quis fazer um filme fácil, que existe somente para agradar. O tema é pesado mesmo, então o filme vem para incomodar a sociedade, que precisa agir para mudar esse retrato de violência e abuso que meninas e mulheres sofrem principalmente diariamente no Brasil”, reforça.

O produtor executivo Márcio Mazaron destaca que a produção proporcionou diversas experiências relevantes para a cadeia do cinema no Tocantins, destacando a projeção do Tocantins e da cultura audiovisual local. “Uma das missões do filme é projetar o nome do Estado para o Brasil e para o mundo mostrando que produzimos cinema com qualidade fomentando a cultura do audiovisual tocantinense”, destaca.

O FILME

“O barulho da noite” retrata a reviravolta na vida das irmãs Maria Luiza (Alícia Santana) e Ritinha (Anna Alice), com a chegada de um suposto sobrinho do seu pai, Agenor (Marcos Palmeira). O rapaz vem para ajudá-lo na lavoura enquanto ele parte para cumprir com suas obrigações na Folia do Divino Espírito Santo. Sônia (Emanuelle Araújo), mãe das meninas, segue atormentada por traumas e lembranças da infância, e tenta, sem sucesso, buscar equilíbrio em meio às tensões da vida dura do sertão.

A obra é uma produção da MZN Filmes e Cunhã Porã Filmes, com coprodução da Bananeira Filmes e do Canal Brasil; e distribuição da Lira Filmes. Com investimento do Prodecine I, o filme contou com patrocínio do BRDE/FSA, Grupo Cristália e Grupo Energisa; e apoios do Governo do Tocantins e Prefeitura de Palmas por meio da FCP.

O filme recebeu apoio cultural da Prefeitura de Palmas, por meio da Fundação Cultural de Palmas, na modalidade de licenciamento de obra cinematográfica inédita para exibição exclusiva em première e prestação de serviços artísticos em workshop. (Da Secom Palmas)

Eva PereiraPrefeitura de PalmasViver TO