CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Vereador diz ter sido impedido de falar em solenidade no bairro em que mora; Prefeitura de Porto nega

Vereador diz ter sido impedido de falar em solenidade no bairro em que mora; Prefeitura de Porto nega
5 (100%) 11 votos

Pré-candidato a prefeito de Porto Nacional, o vereador Alexandro Ribeiro (PSC) disse à coluna que o cerimonial do município o impediu de usar o microfone na sexta-feira, 12, durante assinatura da ordem de serviço para uma praça esportiva na Vila Operária.

Exclusão total

Segundo Ribeiro, todos os vereadores ligados ao prefeito Joaquim Maia (PV) e secretários falaram, mas ele não pode discursar. “E eu só ia agradecer porque é uma praça que nossa sociedade desejava”, afirmou o parlamentar. “Mas foi exclusão total!”

Não foi bem assim

Na Prefeitura, a informação é que não foi bem assim. Segundo o município, em todas as solenidades só fala um vereador, o que tem mais afinidade com o tema. Assim, apenas um parlamentar usou da palavra, porque tinha ligação com a área esportiva.

É morador da vila

Ribeiro, contudo, insiste que todos os vereadores presentes usaram da palavra com exceção dele. “Eu deveria ter falado principalmente porque estava em meu reduto eleitoral. Sou morador da Vila Operária”, argumentou o parlamentar. “Nem meu nome o locutor queria falar, mesmo eu estando lá como vereador representante da sociedade local.”

Com respeito

A prefeitura nega, novamente, e garantiu que o nome de Ribeiro foi falado com respeito, como o das demais autoridades presentes.

Assista o vídeo que o vereador postou nas redes sociais:


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também