CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Audiência da AL em Tocantínia discutirá TO-010; prefeito garante que indígenas querem a obra

Prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino (Foto: Divulgação)
Audiência da AL em Tocantínia discutirá TO-010; prefeito garante que indígenas querem a obra
5 (100%) 1 voto

A Assembleia Legislativa realizará no dia 10 de junho, às 9 horas, no Colégio Batista de Tocantínia, uma audiência pública para discutir a conclusão da TO-010, uma obra considerada fundamental para o desenvolvimento daquela microrregião, mas que se esbarra na falta de licenciamento ambiental.

O problema é que a TO atravessa terras indígenas e, por conta disso, a Procuradoria da Funai, em Brasília, emitiu um parecer contrário ao asfaltamento da área.

10 km em 1 hora

O prefeito da cidade, Manoel Silvino (SD), contou que, em 2012, quando estava deixando seu mandato anterior, realizou uma reunião com Funai, Ibama, Ministério Público Federal e indígenas e todos concluíram que a obra é fundamental. Ele ilustrou a situação com um trecho que, para fazer 10 km até a aldeia, é preciso uma hora de carro.

Comer raiz de pau

Silvino garantiu que os indígenas não colocam qualquer resistência à conclusão da rodovia. “Ao contrário, eles querem o asfalto porque sofrem com as estradas. Quem coloca resistência é um grupo de pessoas que tentam manipular os índios, que acha que índio tem que passar a vida toda comendo raiz de pau”, criticou o prefeito.

Condições dignas

Ele lembrou que os índios hoje “têm TV, carro e moto”. “Todos queremos condições de vida dignas”, ressaltou.

A audiência foi solicitada pelo deputado estadual Vilmar de Oliveira (SD) e o requerimento subscrito pelo deputado Jair Farias (MDB).

Leia também