CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Exploração de minério em Palmeirópolis pode render R$ 550 milhões em royalties

Exploração de minério em Palmeirópolis pode render R$ 550 milhões em royalties
5 (100%) 11 votos

Com edital lançado no Ministério de Minas e Energia (MME) na quinta-feira, 11, o leilão de exploração de minério em Palmeirópolis está previsto para acontecer somente no dia 21 de outubro, no Rio de Janeiro. A Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) estima uma receita de mais de R$ 550 milhões em pagamentos de royalties durante a produção mineral.

Leilão

A modalidade de licitação será realizada em duas etapas. A primeira etapa será fechada, com a entrega da proposta em envelope fechado, e a segunda será em lances viva voz, apenas para os três melhores classificados na etapa anterior. O resultado é um contrato de promessa de cessão, dividido em três fases: auditoria técnica preliminar (opcional), pesquisa complementar (obrigatória) e cessão total dos direitos minerários, quando cumpridas todas as obrigações financeiras e técnicas das fases anteriormente descritas.

35 anos de espera

Governador em exercício, Wanderlei Barbosa (PHS) esteve presente no lançamento do edital e comemorou. “A expectativa virou realidade. Após 35 anos de espera, esse projeto tão grandioso para o nosso Estado vai se concretizar, trazendo desenvolvimento, emprego e renda para a nossa população. Além disso, com a autorização para exploração do minério, o Tocantins se torna destaque nacional na área da mineração”, disse por meio da Secom.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também