CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.
governo-mobile-2

Carlesse manda recado a Paulo Carneiro: “Vamos deixar de fazer política com aquilo”; seria uma referência à Faet e teria Kátia como alvo, que reagiu

Último a discursar na abertura oficial do plantio da safra 2020/2021, nessa sexta-feira, 16, na sede da Agricultura Tia Maria, em Gurupi, o governador Mauro Carlesse (DEM) cumprimentou o presidente da Federação da Agricultura do Estado (Faet), Paulo carneiro, e mandou um recado: “Vamos mudar aquilo lá, vamos mudar os ares, vamos deixar de fazer política com aquilo”, teria dito Carlesse. Pelo menos foi a informação que passaram do evento para a senadora Kátia Abreu (PP), que se sentiu atingida pela fala, não gostou nem um pouco e reagiu.

Como faz “aquele”

Kátia disse à Coluna do CT que o que se faz na Faet é “a boa política das exposições agropecuárias, do fomento à produção de peixes, frigorífico para carneiros, a construção de poços artesianos”. “Só não faz a política suja da corrupção e da propina como faz aquele”, disse a senadora, devolvendo a indireta.

Lei Geral de Licenciamento Ambiental

Na abertura do plantio da safra, Carlesse afirmou que vai enviar, nos próximos dias, projeto de lei à Assembleia criando Lei Geral de Licenciamento Ambiental do Tocantins. Para o governador, a aprovação dessa proposta vai simplificar várias atividades voltadas ao agronegócio. “Vai diminuir a burocracia e, ao mesmo tempo, manter a preservação do meio ambiente”, ressaltou ele, explicando que, com essa lei, os proprietários rurais vão poder realizar os seus próprios licenciamentos.  


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também