CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Diante da “insuficiência de ações” para resolver obras inacabadas de Bolsonaro, TCU cobra novo plano de retomada; TO tem 97 empreendimentos na situação

O Plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) determinou em sessão nesta quarta-feira, 18, que o governo federal faça um levantamento das obras públicas inacabadas ou paralisadas em até 90 dias, além de elaborar em até 150 dias um plano de retomada. A informação é do Poder360

INSUFICIÊNCIA DE AÇÕES NO GOVERNO BOLSONARO

A medida da Corte vem diante da falta de resolução em relação ao problema pela gestão de Jair Bolsonaro (PL). “Há disparidade, fragmentação e insuficiência de ações realizadas pelas pastas setoriais na gestão da carteira de obras paralisadas no período de 2019 a 2022. Tampouco foram identificados estudos ou providências relacionados à destinação das obras paralisadas consideradas inviáveis de serem retomadas”, diz trecho da posição da Corte.

TOCANTINS

A situação foi tema de encontro que aconteceu em junho entre o presidente do Tribunal de Contas (TCE), conselheiro André Luiz de Matos Gonçalves, a ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet (MDB); e Márcio Macedo, chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República. Na ocasião, o tocantinense pediu atenção do governo ao problema. No Tocantins, há 12 obras paralisadas e 85 inacabadas.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também