CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Ex-aliados de Amastha, prefeito e vice de Dianópolis declaram apoio a Vicentinho na suplementar

Padre Gleibson Moreira continua sem partido após deixar o PSB

4
Ex-aliados de Amastha, prefeito e vice de Dianópolis declaram apoio a Vicentinho na suplementar
5 (100%) 2 votos

Em agenda no Sudeste do Tocantins, o candidato a governador da coligação “A Vez dos Tocantinenses”, senador Vicentinho Alves (PR), angariou o apoio do padre Gleibson Moreira (sem partido), prefeito de Dianópolis; e da vice-prefeita Francisca Ribeiro (sem partido). A assessoria do grupo também confirmou o ingresso do vereador do município Júnior Trindade (PV).

Ao CT, Gleibson Moreira, que era do PSB e ex-aliado de Carlos Amastha (PSB), elencou os motivos que o levaram a apoiar Vicentinho Alves. “O compromisso de fazer um governo municipalista, a atenção que manifesta para a região sudeste, caso eleito; a regularização dos repasses que são de direito dos municípios, mantê-los em dia, regulares”, disse o prefeito, citando o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e recursos do transporte público e da saúde.

Crítico da administração do ex-governador Marcelo Miranda (MDB), o prefeito de Dianópolis destacou que um fator que foi determinante para a confirmar o ingresso na campanha da coligação “A Vez dos Tocantinenses” foi o fato de que os membros do grupo do emedebista, apesar de apoiarem Vicentinho Alves, não estão “no palanque”.

Gleibson Moreira fala ainda que a maioria da região Sudeste apoia o senador republicano para governo, e que esta união também influenciou na decisão. “A gente sempre falava que precisávamos nós unir em torno de um deputado, e este próprio discurso nós dá a garantia que também precisamos de um governador que atenda nossas necessidades”, afirmou.

O prefeito de Dianópolis também garantiu que a adesão ao projeto de Vicentinho Alves não interfere no apoio à pré-candidatura do deputado federal César Halum (PRB) ao Senado em outubro. O anúncio foi feito no dia 12 de março. O republicano está na campanha de Mauro Carlesse (PHS), que governa interinamente o Tocantins.

Por fim, padre Gleibson Moreira garantiu que ainda não tem futuro partidário definido. O prefeito deixou o Partido Socialista Brasileiro (PSB) após o candidato da sigla, Carlos Amastha, fechar aliança com os petistas, grupo com do qual é adversário em Dianópolis.

Júnior Trindade (azul escuro) ao lado do deputado federal Vicentinho Júnior (azul claro, centro), filho do candidato da coligação “A Vez dos Tocantinenses” (Foto: Divulgação)

Já o vereador Júnior Trindade explicou que a principal motivação para o apoio é por  acreditar que Vicentinho Alves é “a melhor opção para o Tocantins”. “Ele é o mais preparado. Sempre olhou para o povo da região Sudeste” afirmou.  Também veio de Dianópolis a adesão de Vítor Cardoso, líder da cidade e ex-presidente do sindicato dos servidores municipais.

“Como é bom ver esta participação vinda de todos os cantos do nosso Estado. Fico muito agradecido de receber o carinho, o apoio e a confiança deste grupo,” comentou Vicentinho Alves.

Leia também
Receba notícias do CT em seu e-mail
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...