CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Filiado ao PL, Adaílton Fonseca renuncia à presidência da Acig e possibilidade de pré-candidatura esquenta

Filiado ao PL, Adaílton Fonseca renuncia à presidência da Acig e possibilidade de pré-candidatura esquenta
avaliar matéria

A primeira assembleia da Associação Comercial e Industrial de Gurupi (Acig) de 2020 realizada na noite desta quarta-feira, 19, foi marcada pelo pedido de renúncia de Adaílton Fonseca da presidência. Com isto, esquenta a possibilidade de uma candidatura do empresário, que se filiou recentemente ao Partido Liberal. Quem fica com o comando da Acig é Marcelo Dominici, vice do antecessor.

Novo presidente da Acig, Marcelo Dominici, e Adailton Fonseca (Foto: Divulgação/Acig)

Para não poluir a entidade

Adaílton Fonseca admitiu à Coluna do CT que a renúncia tem sim relação ao processo eleitoral. “Meu nome tem sido lembrado a algum tempo como uma possibilidade política em Gurupi, mas depois da minha filiação ao PL no início do mês, essa discussão começou a tomar conta. Nesse sentido pra manter a coerência, resolvi antecipar minha saída da Acig, exatamente para não poluir a entidade”, comentou.

Vontade de contribuir

Apesar da renúncia, Adaílton Fonseca manteve cautela sobre uma pré-candidatura, porém, não a descarta. “Em relação as pretensões eleitorais, não escondo minha vontade de contribuir, vou aproveitar este novo momento com mais liberdade, pra conversar com as pessoas e depois tomar uma decisão em relação ao processo eleitoral”, comentou.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também