CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Janad diz que impeachment é “joguinho armado” por Cinthia para se “fazer de vítima”, mas avisa que abriria processo se houvesse elementos

Ouça a matéria

Responsável pelas inúmeras denúncias contra a gestão da prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB), a presidente da Câmara de Palmas, Janad Valcari (Podemos), foi mais uma a negar qualquer movimentação pelo impeachment da tucana. Como já é de praxe, a parlamentar foi mais uma vez a última inscrita para discursar e da Tribuna voltou a atacar a chefe do Executivo na sessão desta terça-feira, 13, da Casa de Leis.

Quem está armando o impeachment e não me convidou?

No discurso, Janad Valcari ironizou a nota do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e até os vídeos do presidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) no Tocantins, Carlos Amastha, sobre as supostas movimentações pelo afastamento de Cinthia Ribeiro, ocasião em que revelou que não hesitaria abrir o processo. “Eu fiquei a me perguntar: quem está armando para cassar a prefeita e não me convidou? Porque se tiver elementos que sustentam o pedido de impeachment, quero deixar bem claro para a população que estou pronta para cumprir o meu papel como presidente desta Casa, pois medo é uma coisa que eu não tenho”, disse a presidente da Casa de Leis. Na ocasião, o pessebista chegou a ser chamado de “mal informado”

Não entendo cassação com maioria da Câmara e com todas as comissões

Apesar de se mostrar disposta em abrir o processo, a própria presidente da Casa de Leis admitiu que seria difícil um processo de cassação prosperar. “Não entendi nada. Tem a maioria, todas as comissões, vereador que nomeou até a 8ª geração da sua família. Como a senhora vai ser cassada, prefeita? É tanta culpa que tem no cartório que não está nem dormindo. Bora trabalhar. Bora cuidar do povo e deixar desse mi-mi-mi”, disse.

Joguinho armado de Cinthia Ribeiro

Na avaliação de Janad Valcari, o debate de impedimento foi ventilado pelos próprios governistas como forma de beneficiar Cinthia Ribeiro diante da opinião pública, revelando que ouviu sobre a possibilidade uma única vez por um parlamentar da situação. “O engraçado é que a única conversa de impeachment que ouvi foi nesta Casa foi de um vereador da base dela, que comentou com um de oposição. Como não foi comigo, não vou citar os nomes. Na verdade, a prefeita armou este joguinho, querendo se passar de vítima para desvirtuar a atenção das malandragens por ela articulada.

Vereadora de Palmas, Solange Duailibe (Foto: Chico Sisto/CMP)

Mais um toma lá dá cá

A presidente da Câmara de Palmas não deixou de encerrar o discurso com mais um toma lá dá cá. “Enquanto alguns cães latem, alguns são alimentados por migalhas, balançam o rabo e até rolam. Eu não troco uma vida livre para ser domesticada”, encerrou. A fala é uma resposta ao pronunciamento feito mais cedo por Solange Duailibe (PT), que criticou a maneira “prepotente e arrogante” como Janad Valcari critica a prefeita e os colegas. “Não tenho medo da língua viperina de vossa excelência. […] Os cães ladram e a caravana passa”, disse a petista. Rogério Freitas (MDB) e Laudecy Coimbra (SD) foram outros dois que questionaram as falas da parlamentar do Podemos.

Confira a íntegra da sessão da Câmara de Palmas desta terça-feira, 16:


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também