CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Prefeito Zé da Pedra diz ter recebido Novo Jardim em “situação calamitosa” e vai fazer tomada de contas e auditoria interna

Ao assumir seu terceiro mandato em Novo Jardim, o prefeito José Vieira Neves, Zé da Pedra (PV), contou ter encontrado a sede do Paço com a estrutura danificada, maioria dos equipamentos eletrônicos em péssimo estado de funcionamento, problemas financeiros e uma quantidade mínima de móveis no local.

Tomada e contas e auditoria

Diante da situação que sua equipe relatou, o prefeito decidiu fazer uma Tomada de Contas Especial. Essa solicitação é feita a fim de que a Administração Pública seja ressarcida de quaisquer prejuízos ou danos causados. Além dessa decisão, o prefeito também deliberou solicitar uma auditoria pública municipal.

Capacidade técnica e administrativa

O prefeito destacou que seus mandatos sempre “foram marcados por capacidade técnica e administrativa, construindo obras e pagando servidores e fornecedores em dia”. “Minha intenção é fazer uma gestão junto com os jardinenses, de forma que eles se sintam assistidos. Fazer este trabalho em conjunto contribuirá para uma gestão eficaz”, afirmou.

Descaso com patrimônio público

O chefe de gabinete, Wagner Neves, frisou o “estado de calamidade tanto físico, quanto financeiro”, após encontrar o que chamou de “descaso com patrimônio público”, ao se referir a um veículo do município, segundo ele, “em situação de abandono”. “Por se tratar de uma van, entende-se que o veículo poderia estar sendo utilizado para fins com a população jardinense, mas, ao invés disso, foi encontrada na zona rural do município de Ponte Alta do Bom Jesus, sendo necessário realizar um Boletim de Ocorrência, devido à situação”, contou.

Maior cuidado

O prefeito Zé da Pedra disse que há diferença neste seu terceiro mandato no município. “Este momento exige maior cuidado, tendo em vista que estamos vivenciando a pandemia da Covid-19”, observou.

Ano da austeridade

Zé da Pedra avisou que este será “um ano de austeridade fiscal”. “Visaremos os serviços públicos coletivos, tais como iluminação pública, limpeza urbana, tapa buracos e estradas vicinais”, explicou.

Confira o relatório da equipe da Prefeitura de Novo Jardim sobre a situação das secretarias

Secretaria Municipal de Saúde
Em um estado deplorável e de descaso com a população jardinense, ambulâncias foram encontradas sucateadas, veículo quebrado e o Posto de Saúde sem nenhum teste rápido para Covid-19, tendo em vista que o mundo todo enfrenta a pandemia do coronavírus. Há também a falta de outros medicamentos, máscaras e álcool em gel, materiais essenciais no controle da doença. “Além de todos esses problemas, o prédio atual da secretaria não tem a mínima estrutura”, pontua a secretária municipal de saúde, Cristiane Albuquerque.

Secretaria Municipal da Educação
Na pasta da educação, a frota de ônibus escolares, meio essencial para transportar os estudantes, estão quebrados. O ex-gestor fundiu as secretarias de forma que a Secretaria de Esportes passou a fazer parte da pasta da Educação. “Diante disso, recebemos as quadras públicas todas deterioradas. No campo da Amaralina não há condições para os jovens praticarem esporte e, claro, terem qualidade de vida.

Secretaria de Obras e Transporte
Os prédios públicos foram deixados em situação caótica. “Certamente a limpeza urbana não foi realizada nos últimos seis meses da gestão anterior, pois a cidade parecia estar abandonada”, pontua o secretário Edmailton Castro Lima.

Há, ainda, o péssimo estado do maquinário do município, que acarreta nas dificuldades de atendimento aos agricultores, além da interferência causada para arrumar estradas vicinais.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também