CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Sem força-tarefa a Brasília, governo Carlesse poderia ter ficado sem emendas da bancada federal

Sem força-tarefa a Brasília, governo Carlesse poderia ter ficado sem emendas da bancada federal
5 (100%) 10 votos

Deputados disseram à Coluna do CT que o governador Mauro Carlesse (DEM), ao montar uma força-tarefa de secretários para conversar com a bancada federal, conseguiu conquistar emendas parlamentares que não teria sem esse mutirão. É que os congressistas não estão muito satisfeitos com o Palácio Araguaia, e, portanto, não estavam animados a destinar emendas ao governo.

Só por ofícios

Foram três semanas de reunião para discutir as emendas da bancada para o Tocantins. Na primeira, Carlesse enviou ofícios com suas solicitações através do coordenador, deputado Carlos Gaguim (DEM), talvez o único 100% governista do grupo. Os parlamentares não se sensibilizaram.

Repetiu ofícios

Na segunda reunião semana passada, Carlesse foi pessoalmente. “Mas se limitou a praticamente repetir o que estava nos ofícios, sem detalhes, por isso, não convenceu ninguém”, contou um deputado federal.

Invasão palaciana

Assim, sem motivar os congressistas a destinar emendas a seu governo, a convite de Gaguim, o governador chegou à reunião dessa terça-feira, 22, com seus mais importantes secretários, que apresentaram projetos e necessidades a todos e individualmente.

Menos que poderia ter conseguido

Com isso, Carlesse conseguiu convencer alguns congressistas a destinar recursos a seu governo. “Mas muito menos do que poderia ter conseguido se mantivesse uma relação melhor com a bancada, se já viesse conversando com a gente há mais tempo”, ponderou um parlamentar.

Constrangimento

Segundo ele, a presença maciça da força-tarefa causou constrangimento e os deputados, pouco simpáticos ao Palácio, queriam que o encontro acabasse logo para que se reunissem só eles, o que ocorreu nessa quarta-feira, 23.

1º encontro após as pesadas farpas

A reunião de terça ainda marcou o primeiro encontro entre Carlesse e o deputado federal Vicentinho Júnior (PL), após as pesadas trocas de farpas entre os dois em eventos no Estado, no caso do governador, e nas redes sociais e tribuna, caso do parlamentar.

Nada de desagradável

Conforme os deputados, eles não se cumprimentaram, não trocaram palavras e não se olharam. Contudo, não houve nenhuma cena desagradável.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também