CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Feira agrotecnológica no sudeste do TO espera movimentar 5 mil pessoas a partir de 5ª

Feira agrotecnológica no sudeste do TO espera movimentar 5 mil pessoas a partir de 5ª
5 (100%) 1 voto

Entre quinta-feira, 11, e o dia 13, acontece a 5ª AgroSudeste, a Feira Agrotecnológica da Região Sudeste do Tocantins. Serão diversas atividades, com destaque para três dias de campo técnicos. Um sobre bovinocultura, no primeiro dia; outro, na sexta-feira, 12, sobre piscicultura; e, no último dia do evento, sobre fruticultura. As três são importantes cadeias produtivas tocantinenses e apresentam potencial de incremento.

A Embrapa vai participar de dois dias de campo da AgroSudeste. No primeiro dia, o zootecnista Pedro Alcântara fala sobre sistema intensivo de produção de carne em pastagens. E o também zootecnista Cláudio Barbosa trata de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF). Ambos trabalham na área de transferência de tecnologia da Embrapa Pesca e Aquicultura, com sede em Palmas.

As duas estações técnicas acontecerão das 8 às 11 horas, com rodízio entre grupos de participantes. Ao todo, são cinco estações técnicas; os demais temas envolvem cercas elétricas rurais, controle de plantas daninhas em pastagens e fertilidade do solo para altas produtividades. Esse dia de campo está marcado para o Centro Agrotecnológico do Colégio Agropecuário de Almas. O credenciamento será a partir das 7 horas.

No dia seguinte, na empresa Pescados Piracema, também no município de Almas, acontece o dia de campo sobre piscicultura. Leandro Kanamaru, pesquisador da Embrapa Pesca e Aquicultura, vai falar em uma das estações técnicas sobre despesca e insensibilização. Há ainda três outras estações técnicas com os temas: criação de tilápia e melhoramento genético; manejo alimentar e nutrição; e frigorífico e agregação de valor.

Da mesma forma que o dia de campo sobre bovinocultura, neste haverá a formação de grupos de participantes que circularão entre as estações técnicas, de modo que todos passem por elas. O credenciamento está marcado para a partir das 7 horas e o dia de campo será das 8h15 às 12 horas. A Pescados Piracema fica no km 35 da rodovia TO-040.

O terceiro dia de campo acontecerá em 13 de abril no Projeto de Irrigação Manuel Alves, em Dianópolis, e vai tratar de temas ligados à fruticultura em quatro estações técnicas. O credenciamento está marcado para começar às 7 horas e o dia de campo será das 8 às 12 horas. O acesso ao Manuel Alves fica na rodovia TO-040, entre os municípios de Dianópolis e Porto Alegre do Tocantins.

A AgroSudeste tem à frente da organização o Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins (Ruraltins), com parceria de diversas instituições. O extensionista João Filho, de Almas, coordena a organização da feira. “O evento está bem mobilizado, bem articulado. Nós estamos com 22 municípios envolvidos no projeto e a nossa expectativa é cumprir a meta de 5 mil pessoas durante os três dias”. (Com informações da assessoria)

Mais informaçõeshttps://agrosudesteto.com.br/


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também