CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Capital vai ganhar 1ª Central de Atendimento à Mulher 24h, que será estendida a outras cidades

A expectativa é de que o governo do Tocantins atenda uma antiga reivindicação e inaugure neste mês a primeira Central de Atendimento à Mulher 24 horas, em Palmas. A unidade vai funcionar na região sul da Capital, juntamente com a Delegacia da Mulher. A novidade foi tema de reunião nessa segunda-feira, 30, da primeira-dama Fernanda Carlesse com o secretário de Segurança Pública, Cristiano Sampaio, e as deputadas estaduais Vanda Monteiro (PSL) e Luana Ribeiro (PSDB).

Amparada de fato e de direito

Para Fernanda Carlesse, a partir da implantação dessa unidade, a mulher vítima de violência passará a ser amparada de fato e de direito. Segundo ela, o objetivo é implantar unidades dessa natureza em todo o Estado.

Para o interior

O secretário Cristiano Sampaio confirmou que o objetivo é avançar e estender essas centrais 24 horas às demais cidades do interior. Ele lembrou que muitas mulheres vítimas de violência doméstica ficam constrangidas de registrar as agressões, porque não têm com quem tratar nos finais de semana. “A mulher tem que ser amparada, para se sentir segura e, nessa Central, ela terá uma equipe especializada para acolhê-la”, ressaltou Sampaio.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também