CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Dom Enemésio Ângelo Lazzaris morre em Araguaína aos 71 anos

Dom Enemésio Ângelo Lazzaris morre em Araguaína aos 71 anos
avaliar matéria

O bispo Dom Enemésio Ângelo Lazzaris faleceu na noite desse domingo, 2, em Araguaína, aos 71 anos, vítima de câncer no pâncreas.

Catarinense

O religioso era catarinense de Siderópolis, onde nasceu em 19 de dezembro de 1948. Dom Enemésio foi ordenado sacerdote orionita em 26 de julho de 1975.

Denúncias

Atualmente era bispo da Diocese de Balsas, no Maranhão. Dom Enemésio foi presidente da Comissão Pastoral da Terra, e fez várias denúncias sobre conflitos agrários, trabalho escravo e assassinatos de índios.

Em Araguaína

Foi ainda diretor da comunidade orionita e pároco da Igreja Sagrado Coração de Jesus, em Araguaína. Seu corpo será velado no santuário, onde às 15 horas será celebrada a missa de corpo presente. Após, seguirá para Balsas, sede de sua Diocese, onde será sepultado.

Notas de pesar:

om muito pesar recebi, na manhã desta segunda-feira, dia 3, a  notícia do falecimento do bispo Dom Enemésio Ângelo Lazzaris.
Dom Enemésio Ângelo atuou em Araguaína, onde foi diretor da comunidade orionita e pároco da Igreja Sagrado Coração de Jesus. Deixa um legado de lutas e dedicação aos pobres.
Nesse momento de dor e luto, rogo a Deus para que console os corações dos amigos e párocos de Dom Enemésio Ângelo por está perda irreparável.
Mauro Carlesse
Governador do Estado do Tocantins
__________________________________


Com enorme pesar, comunico o falecimento do Bispo Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, na noite de ontem (02/02), em Araguaína-TO.

Dom Enemésio lutava há muito tempo pela vida, combatendo o câncer. Era um Bispo progressista, humanista e trabalhador, homem de muito boa fé, amigo e companheiro dos necessitados, um servo dos pobres que deixa muita saudade e ensinamentos solidários para nossos corações.

Sua partida, representa grande perda. Seus exemplos seguirão a nos inspirar por uma vida fraterna, com pão para quem tem fome, e fome de justiça para quem tem pão, como ensinou Jesus Cristo.

Dom Enemésio, (o servo do pobres) presente, hoje e sempre!

Célio Moura

Deputado federal PT/TO
______________________

Dom Enemesio Angelo Lazzaris, nosso querido sacerdote orionita, foi exemplo de fé, amor, caridade e abnegação… Exerceu seu sacerdócio com dedicação e é um exemplo a ser seguido.

Agradecemos ao Pai Celestial, à Maria Santíssima e a São Luís Orione por ter nos permitido a amizade de Dom Enemesio e de tê-lo como ministro de Deus. Neste momento, as palavras são insuficientes para expressar e descrever o nosso sentimento de dor, saudade e seu trabalho de fé para os que mais precisavam.

Cremos em Deus e temos como lenitivo a esperança da ressurreição, Rogando ao Pai para que dê conforto aos familiares, especialmente às irmãs, irmãos, sobrinhos, aos amigos e fiéis, que assim como nós, sofrem a dor da despedida, mas com a certeza de que um dia nos reencontraremos no Reino de Deus.

Lázaro Botelho, Valderez Castelo Branco e Família
____________________________

Lamento profundamente o falecimento de Dom Enemésio, um homem bom e corajoso, que dedicou a vida aos necessitados e aos ensinamentos solidários e cristãos. Que Deus console os amigos e familiares.

Ataídes Oliveira
Empresário e ex-senador pelo Tocantins
_____________________________

É com imensa tristeza que o Hospital Dom Orione manifesta seu pesar pelo falecimento de Dom Enemésio Ângelo Lazzaris, na noite deste domingo, 02/02, na casa paroquial do Santuário Sagrado Coração de Jesus, em Araguaína (TO). Há cerca de um ano o bispo de Balsas (MA) fazia tratamento contra um câncer, sendo acompanhado pela equipe médica do hospital.

Seu corpo será velado no Santuário Sagrado Coração de Jesus, em Araguaína (TO), onde às 15h será celebrada a missa de corpo presente. Após a Santa Missa, o seu corpo seguirá para Balsas, sede de sua Diocese, onde será sepultado.

Lamentamos a perda desse grande missionário, amado e querido por todos que conviviam com eles. Aos familiares externamos nossas condolências neste momento de luto.

Dom Enemésio nasceu em Siderópolis (SC), no dia 19/12/1948. Terminou o seu noviciado em 1965 na Congregação da Pequena Obra da Divina Providência e fez os seus votos perpétuos em 27/10/1974. Foi ordenado sacerdote em 26/07/1975. Foi diretor da comunidade orionita, pároco da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus em Araguaína, Diretor do Colégio Dom Orione de São Sebastião do Rio de Janeiro e Superior da Província Norte do Brasil da Congregação da Pequena Obra da Divina Providência (Dom Orione). Foi nomeado bispo em 12 de dezembro de 2007 pelo papa Bento XVI.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também