CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Em Gurupi, indústrias que receberam consultoria do projeto Tocantins Mais Produtivo colhem resultados a curto e longo prazo

A pequena indústria têxtil do empresário gurupiense Luciano Simão está crescendo. A fábrica, que começou de forma adaptada na casa da família com apenas três máquinas de costura, já conta com oito colaboradores e deve ganhar uma expansão em breve. “Compramos o terreno ao lado onde vamos construir para aumentar o espaço, porque a forma adaptada como estamos operando não é a realidade de chão de fábrica”, explicou o proprietário da empresa Saga Uniformes.

A empresa está há 12 anos no mercado, mas a vontade de crescer e o recurso financeiro que vai viabilizar a ampliação do negócio, foram intensificados após o empresário e suas colaboradoras receberem o projeto Tocantins Mais Produtivo dentro da fábrica. “Foi bastante proveitoso porque nos despertou para vários fatores dos quais já sentíamos necessidade, mas que o professor nos orientou sobre como fazer, sobre rever processos e evitar desperdícios. Vamos agora para uma etapa de construção planejada. Veio muito a calhar porque já estávamos pensando nisso e, durante o curso, vimos que existe planejamento para cada etapa e processo”, afirmou o empresário Luciano Simão.

Projeto Tocantins Mais Produtivo

O projeto tem como objetivo elevar a produtividade de indústrias tocantinenses em 20%, no mínimo. Para isso, os empresários recebem consultoria e mentoria totalmente gratuita. O projeto é fomentado pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Serviços (Sics) e executado pelo Senai.

Na quinta-feira, 15, o superintendente de apoio à micro e pequenas empresas da Sics, Carlos Antônio Souza, acompanhado do diretor da Sics, Carlos Carneiro, e da gerente do Senai de Gurupi, Núbia Almeida, visitaram as empresas gurupienses contempladas no primeiro ciclo do projeto.

“A visita técnica às empresas é importante para que possamos receber dos empreendedores a devolutiva a respeito da participação no Tocantins Mais Produtivo. É gratificante ouvir os casos de sucesso após o projeto, mas também ouvimos outras demandas dos empresários industriais e sugestões sobre como aprimorar este e outros projetos”, ressaltou o superintendente Carlos Carneiro.

“Observamos como é importante a mentoria e consultoria dentro dos processos produtivos. Estamos encerrando alguns ciclos e percebemos que o projeto tem sido um sucesso, pois estamos trazendo soluções inovadoras para nossas indústrias”, completou a gerente do Senai, Núbia Almeida.

Também em Gurupi, uma fábrica de sorvetes com mais de 100 colaboradores viu o desperdício de matéria-prima, mão de obra e tempo, diminuir após a consultoria. “Aprendemos a respeito do desperdício dentro da empresa, aumento da nossa produtividade e redução de atividade desnecessária aos nossos postos de trabalho. Uma das coisas que aplicamos na prática foi a redução de funcionário por posto de trabalho. Nós percebemos que podemos aproveitar melhor nossos colaboradores dividindo as funções de maneira adequada”, enfatizou a gerente de produção da Sorvetes Melano, Sara Cardoso dos Santos.

A consultoria oferecida por meio do projeto é versátil e pode ser adaptada para diversas atividades industriais, com resultados também a longo prazo, como ocorre com uma empresa de produção de mudas de plantas ornamentais em Gurupi. “Esperamos organizar a produção, como na parte de insumos, onde estávamos tendo muita perda e voltando muita produção. Nesse desperdício já vamos dar uma boa diminuída”, finalizou o responsável pela empresa Nova Planta, Rodrigo Cordeiro. (Da assessoria de imprensa)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também