CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Governo do Tocantins atendeu mais de 2 mil famílias em Palmas durante pandemia

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), já atendeu mais de 2 mil famílias vulneráveis e trabalhadores na capital Palmas, com a ação de atendimento emergencial que vem sendo realizado em decorrência da pandemia. O atendimento tem sido levado aos moradores das diversas áreas atingidas pelo isolamento, nesta semana a ação atendeu 853 trabalhadores .

O gestor da Setas, José Messias Araújo, disse que o Governo prossegue com esse apoio aos trabalhadores para que suas famílias possam ficar em casa com segurança. “As categorias mais atingidas precisam deste respaldo que lhes garanta a segurança na alimentação para que possam realmente cumprir com as determinações de isolamento social”, ressalta.

Na quarta-feira, 27, foram entregues 45 cestas básicas à comissão da Feira do Aureny I e 15 cestas à Cooperativa de Produção de Recicláveis do Tocantins (Cooperam).

A presidente da Associação da feira do Aureny I, Maria da Dores, falou que são mais de 1.500 feirantes em Palmas e que somente 10% dos feirantes voltou a trabalhar e os demais estão sem nenhuma fonte de renda; já o presidente da Cooperam, Otacílio Martins Cardoso, disse que os catadores de materiais recicláveis estão assustados. “Muitos colegas já se afastaram, e as cestas vão ajudar muito nesse momento de grande dificuldade”, afirmou.

Nesta quinta-feira, 28, a ação governamental chegou ao Sindicato dos Cabeleireiros do Tocantins (Sim Belto). Foram 271 cestas entregues aos trabalhadores que também estão sendo impactados pela pandemia.

A profissional de beleza Kelly Cristina Ramos agradeceu a ajuda do Governo do Estado e disse que as dificuldades para trabalhar em sua área são muitas, já que todos estão com medo de sair de casa.

Zona rural de Palmas e Luzimangues

Na terça-feira, 26, foram entregues cestas básicas para 45 famílias do Assentamento Mariana São João I, na zona rural de Palmas; e na Associação da Praia de Luzimangues, município de Porto Nacional, em que foram atendidas 105 famílias.

Outras cidades

Foram mais de 5 famílias atendidas no interior do estado somente nesta semana. Os municípios beneficiados com as ações foram: Araguaçu, Alvorada Dueré, Formoso do Araguaia, Gurupi, Lajeado, Paraíso, Peixe, Pugmil, rio dos Bois, Sandolândia, São Valério da Natividade, Sucupira, Talismã, e Tocantínia.

Moradora de Peixe, Luciana Alves de Andrade é mãe de quatro filhos, e está desempregada. “Moro de aluguel e quero agradecer essa ajuda do Governo que chegou na hora certa”, disse ela.

Nesta quinta-feira, 28, as ações prosseguem em: Gurupi, Cariri, Pugmil e Talismã.

O Recurso

O recurso oriundo do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep-TO), baseado na Lei nº 3.015, de 30 de setembro de 2015, considerando a decisão plenária do dia 23 de março de 2020, (resolução nº 01/2020 de 31 de março de 2020), que aprovou a destinação de recursos financeiros a Órgão Público Estadual para execução de projeto social com vistas a combater e erradicar a pobreza, através da distribuição de 200 mil cestas básicas à população carente, atingida pela recessão econômica, que se vislumbra, haja vista a pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19 em proporções jamais presenciadas pela sociedade moderna alimentos e itens de higiene do Governo do Tocantins, por meio da Setas e de órgãos parceiros. (Da assessoria de imprensa)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também