CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Superintendente de Trânsito da Sesmu relata até tentativa de atropelamento dos fiscais das medidas de contenção contra Covid-19 em reunião com prefeita

Depois de ir a público criticar as intimidações que agentes de fiscalização das medidas de contenção contra a Covid-19 estavam sofrendo, a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), recebeu nesta segunda-feira, 13, representantes da Guarda Metropolitana, Vigilância Sanitária, Defesa Civil e do Código e Posturas. Além das ações para combater o novo coronavírus, as situações de desrespeito que os servidores tem sofrido também estiveram na pauta.

Duas tentativas de atropelamento

Superintendente de Trânsito e Transporte da Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), Valéria Oliveira falou da escalada da violência contra os fiscais. “Semana passada fomos vítimas de duas tentativas de atropelamento por parte de populares que estavam embriagados. Em outro atendimento um motorista jogou o carro em cima das mesas em um bar, na região Sul de Palmas, após abordagem, no intuito de atingir os fiscais. A população precisa entender que estamos trabalhando para a segurança e o bem comum, mas infelizmente uma parcela da sociedade não está respeitando os direitos comuns e colocando a maioria em risco”, relatou à prefeita.

Respeito ao trabalho

A prefeita manifestou apoio aos profissionais e cobrou consciência da população. “A comunidade precisa entender o momento que estamos vivendo e respeitar o trabalho das equipes, porque não iremos pecar pela omissão, mas sim pelo excesso de zelo e cuidado. Esses trabalhadores também são pais e mães de família e estão saindo de suas casas para realizar um trabalho muito sério. Quero que sintam amparados, porque é por meio desse esforço é que estamos conseguindo manter os índices da doença considerados aceitáveis”, destacou Cinthia Ribeiro.

Ocorrências

Durante a pandemia a Guarda Metropolitana registrou aumento nos números de atendimentos. Em 2019 foram registradas 5.931 ocorrências durante todo o ano.  Em 2020, até o último dia 30 de junho, os números já chegaram a 4.093, cerca de 70% do total de ocorrências se comparadas ao ano anterior. Os índices se referem a todas as naturezas de ocorrências no perímetro urbano da Capital.

Secretários

Também estiveram presentes na reunião a secretária de Desenvolvimento Econômico e Emprego, Mila Jaber, o secretário executivo da Saúde, Higor Franco e o secretário de Segurança e Mobilidade Urbana, Cel. Luis Cláudio Benício. (Com informações da Secom)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também