CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

UFT inaugura Complexo de Pesquisa e Pós-graduação; Eduardo Gomes e Marcos Pontes comemoram

A Universidade Federal do Tocantins (UFT) inaugurou na manhã desta sexta-feira, 23, o Complexo de Pesquisa e Pós-graduação, que foi batizado com o nome do professor José Ramiro Lamadrid Marón. A obra é oriunda de chamada pública feita em 2011 pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) por meio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). A liberação dos R$ 4 milhões para o financiamento contou com a articulação do senador Eduardo Gomes (MDB).

Fundamental para novas parcerias e projetos

Eduardo Gomes comemorou a inauguração da estrutura em vídeo divulgado nas redes sociais. “Nós temos nossa parcela de contribuição na ação junto ao MCTI na liberação de recursos do Finep, em torno de R$ 4 milhões, para esta obra viva de permanente transformação dos estudos e avanços da área de ciência, tecnologia e inovação. Nossa parceria com a UFT tem sido permanente. Não só minha, mas de toda a bancada federal”, disse o senador que é líder da Jair Bolsonaro (sem partido) no Congresso Nacional. “Tenho certeza que este centro importante será fundamental para o desenvolvimento de novas parcerias e projetos”, completou.

Orgulho de ter participado

À frente do MCTI, Marcos Pontes também falou sobre a inauguração em vídeo. “Sem dúvida nenhuma, este complexo, que conta com a parceria e financiamento do nosso Finep, certamente vai contribuir para a ciência e tecnologia do Estado do Tocantins e de todo o Brasil. Tenho muito orgulho de poder participar muito”, disse o ministro, que agradeceu Eduardo Gomes e a bancada federal por ter dado a ele a “possibilidade de ajudar”. “O Brasil tem muito potencial. Confie na ciência brasileira”, encerrou.

Estrutura

O prédio possui 48 ambientes divididos em 3 salas de aula, 8 laboratórios, uma sala de apoio aos alunos, sala para microprocessadores, 11 salas destinadas aos professores, 2 recepções, 2 mini auditórios, salas de coordenação, almoxarifado, copa, 3 salas para depósito de materiais e equipamentos, 4 banheiros por andar todos adaptados para deficientes físicos, um elevador e salas para as secretarias. O valor total da obra ficou em aproximadamente R$ 4 milhões de reais, com R$ 400 mil reais de contrapartida da UFT.

Professor José Ramiro Lamadrid Marón foi homenageado (Foto: Divulgação/UFT)

Lamadrid Marón

Quem batiza o Complexo de Pesquisa e Pós-graduação é o professor José Ramiro Lamadrid Marón. O docente pertenceu ao Colegiado de Pedagogia, era professor no Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente (PPGCiamb), pós-graduação em Geografia (PPGG) e contribuía com a modalidade de Ensino a Distância (EAD). Lamadrid faleceue em 2020. Geógrafo de formação pela Universidade de Habana (Cuba) e Doutor em Ciências Pedagógicas pela mesma instituição, o professor Lamadrid chegou ao Tocantins na década 1990, depois de passar por países como Angola e Venezuela como docente. 

Veja os vídeos:


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também