CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Vereadores acusam prefeito de Praia Norte de não afastar servidora com Covid-19 e cobram informações sobre uso de emendas federais

Parlamentares de Praia Norte não estão satisfeitos com a atuação do Executivo no combate a Covid-19, que já contaminou nove pessoas no município. O presidente da Câmara, Jeremias Roberto (PRB), e os vereadores Francisco Esequiel (PRB), Maria Aparecida (Pros) e Reinaldo Nunes (PHS) oficiaram por duas vezes o Executivo nesta quarta-feira, 13, para cobrar uma ação imediata do Paço contra a proliferação do novo coronavírus, que não ainda não teria um plano de contingência; e também questionar sobre o uso dos recursos da merenda escolar.

Servidora com Covid-19 não foi afastada

Os vereadores cobram esclarecimentos do prefeito Ho-Che-Min (MDB) em relação ao suposto caso de uma funcionária pública do município que teria testado positivo para a Covid-19, e mesmo assim não foi afastada função, tornando-se um potencial foco de transmissão. “A servidora continuou atendendo normalmente o público, fato que pode ter ocasionado a contaminação de diversas outras pessoas que tiveram contato com ela”, observa o ofício.

Aplicação dos recursos das emendas federais

Outro ponto alvo de questionamento é a utilização de recursos oriundos de emenda da senadora Kátia Abreu (Progressistas) – R$ 300 mil –  e do deputado federal Osires Damaso (PSC) – R$ 150 mil. “Queremos saber como esses recursos serão utilizados, pois sabemos que até os profissionais de saúde estão sem equipamentos de segurança e a doença está se alastrando muito rápido”, cobra Francisco Esequiel, também conhecido como Doutor. 

Mais cinco casos em um dia

Francisco Esequiel destaca que o último boletim epidemiológico do município – divulgado na noite de quarta-feira, 13 – apresentou mais cinco novos casos de Covid-19, chegando a 9 doentes no município. Além disto, há 11 suspeitos, 21 monitorados, 10 descartados e nenhum óbito.

Distribuição de alimentos

No ofício, os vereadores também querem informações em relação ao remanejamento dos recursos da merenda escolar para garantir a distribuição de alimentos aos pais de alunos da educação básica, permitido pela Lei Federal 13.897 de 2020. “Já se passaram mais de 30 dias da publicação da lei e ainda não se tem notícias de nenhuma ação por parte da Secretaria de Educação no sentido de fazer a distribuição dos alimentos adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar”, questiona Francisco Esequiel. 

R$ 106 mil em dois meses, mas não há distribuição

Conforme os vereadores, a prefeitura teria recebido R$ 106 mil de verba da merenda escolar de fevereiro a março, recursos que defendem ser suficientes para a aquisição de mais de mil cestas de alimentos. “As aulas estão suspensas desde o dia 13 de março e enquanto todos os municípios do Bico do Papagaio fizeram a entrega dos kits de alimentação, Praia Norte foi o único município que não fez a entrega”, questiona o vereador Doutor.

Cenário

No último Boletim Epidemiológico do governo estadual, Praia Norte aparece com quatro casos confirmados de Covid-19, mas nenhum óbito, número que aumentará na próxima divulgação com a confirmação de mais cinco casos. O município pertence ao Bico do Papagaio, que já soma 121 pessoas diagnosticadas com a doença, um aumento de 11% de terça-feira, 12, para quarta-feira, 13. Ao todo são 9 mortes oriundos do novo coronavírus na região, que tem 15 das 25 cidades no mapa da pandemia.

A Coluna do CT tentou contato com o prefeito Ho-Che-Min, mas não obteve sucesso. As ligações para o Paço não foram atendidas. O espaço está aberto para qualquer manifestação.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também