CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.
governo-mobile-2

Fiéis lotam Vila Olímpica na segunda noite do Capital da Fé 2019

A segunda noite do Palmas Capital da Fé 2019, que é considerado o maior festival da música gospel e cristã da região Norte, foi marcada por muito louvor e animação. Nem mesmo a chuva que caiu foi capaz de tirar a energia do público que cantou e se emocionou do início ao fim com as cinco apresentações da noite que subiram ao palco.

O clima de festa e a alegria dos músicos eram contagiantes. O público eclético, formado por crianças, jovens, adultos e os idosos, que integravam a ala dos experientes e tinham uma visão privilegiada do palco, aguardava ansioso as apresentações no circuito montado na Vila Olímpica, ao lado do Estádio Nilton Santos. 

A primeira atração da noite foi a dupla regional João Lucas e Luciano. Em seguida o cantor Rubens Uchôa, que participou de todas as cinco edições do evento, animou os presentes ao som de muito sertanejo universitário gospel. Momentos depois, no palco dois, entrou em ação o cantor Diego Fernandes, que é referência da música católica e viaja o Brasil com seu projeto o “EvangelizaSHOW “, com uma pegada que mistura rock, reggae e worship

Às 23 horas subiu ao palco a cantora Damares, um dos maiores nomes da música gospel da atualidade, emocionando o público com seus sucessos, como Sabor de Mel, Maior troféu, Um novo vencedor, dentre outros. A intérprete que é conhecida por cantar canções fortes destacou que o Capital da Fé é referência. “O Capital da Fé é um exemplo a ser seguido pelas outras cidades e uma referência para o Brasil. É um evento que tem resgatado tantos jovens e mostrado a palavra de Deus através dos louvores”, disse a cantora. 

O Cantor Eros Biondini foi o penúltimo a subir ao palco e entoou músicas cheias de palavras de fé e devoção. Fechando a noite em grande estilo uma das atrações mais aguardada no festival, a Banda Som e Louvor, que nasceu no final da década de 1980, no estado do Pará, e alcançou o sucesso levando suas canções em ritmo de forró, fez o público tirar o pé do chão ministrando suas canções. 

A animação e a alegria dos cantores que subiram ao palco contagiaram o público presente. “Este é o terceiro ano que participo desse acontecimento maravilhoso. Venho com a minha família e ainda trago os meus vizinhos e recomendo a todos a virem conhecer esse momento de celebração”, disse Araceli Evangelista.  Já Bruna Silva, moradora de Porto nacional estreava no evento. “Estou adorando os shows nessa minha primeira vez. Sem nada de brigas e confusões, um ambiente bem tranquilo”, avaliou. (Da Secom Palmas)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também