CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.
governo-mobile-2

LIVROS & CIA / Lançamentos no TO trazem Direitos Humanos, a história de Palmas, a Folkcomunicação e as eleições de 2018

Paulo Albuquerque publica artigo em livro sobre Direitos Humanos

O professor de Jornalismo e de Direito Paulo Albuquerque é autor do texto Sobre Direitos de Surdos e Novas Tecnologias de Informação e Comunicação: Hand talk, para os que não ouvem e para o País, que ainda se faz de mouco. O artigo científico acaba de ser publicado como um dos capítulos do livro Direitos Humanos, Tecnologia e Desenvolvimento – Aportes para uma Sociedade Solidária.

Foto: Paulo Albuquerque fala  sobre a sua participação na obra – Foto: Zacarias Martins

Abordagem

O livro recebeu a organização da professora de Direito em São Paulo, mestre em Direitos Humanos e Fundamentais, Luciana Ferreira Lima, e foi publicado pela Editora RTM – De Direito do Trabalho e Gestão Sindical, de Belo Horizonte – MG. O prefácio ficou ao encargo do ministro do Superior Tribunal Militar, José Barroso Filho. “Faço uma abordagem sobre fragilidade das políticas públicas para garantir a inclusão dessa categoria, mas, ao mesmo tempo, trago alguns recortes importantes de experiências exitosas, tais como esta da Hand Talk, uma empresa que fez justamente para atender os surdos neste mundo que se moderniza rapidamente, mas que ainda se releva descompassado”, diz Albuquerque.

Normas jurídicas

O estudo traz ainda a evolução das normas jurídicas, desde a preocupação de Dom Pedro II com a criação do Imperial Instituto de Surdos-Mudos, em 1857, até a Lei nº 7.853, de 1989, que obrigou a oferta de educação especial em estabelecimentos públicos de ensino; e a publicação da lei, em 2005, que regulamenta a Língua de Sinais no Brasil.

“Não há dúvidas que a Constituição Cidadã de 1988 é a maior garantidora dos direitos sociais e individuais, mas há outras providências que infelizmente não foram adotadas. A Comunicação da atualidade é mediada basicamente por computadores, e é neste viés que saúdo a experiência da empresa pesquisada (Hand Talk), uma tradutora de sites; não é a única, eu sei, mas realiza um serviço interessante”, finaliza Paulo Albuquerque.



Registros históricos da capital Tocantinense

Edição atualizada, revisada e reformulada, e que ganhou novo visual gráfico, além de adaptado às novas diretrizes da Base Nacional Curricular Comum (BNCC), “Palmas: sua história, trajetória e conquistas”, do professor  Junio Batista, chega à sua 2ª edição.

Eixos temáticos

Na obra, o autor trabalha sete eixos temáticos, subdivididos em vários capítulos que buscam despertar e revelar conhecimentos sobre o território e a paisagem do município de Palmas, como aspectos históricos, suas características geográficas, potencialidades socioeconômicas e ambientais, recheados de conceitos, datas históricas, leis e nomes de personagens. 


Folkcomunicação no Tocantins

Após dois anos de pesquisa sobre a temática, Comunicação, Cultura e Identidade: Folkcomunicação no Tocantins- volume (Appris Editora),  já é realidade. A obra é o resultado de um belo trabalho do professor-doutor Wolgang Teske, da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), Câmpus Paraíso, e com a professora da Universidade Federal do Tocantins (UFT), doutora Verônica Dantas.

Abrangência

A obra é recomendada tanto para os que compartilham o cotidiano e a cultura tocantinense, quanto a pesquisadores de áreas como Comunicação, Antropologia, Sociologia dedicados aos estudos sobre cultura popular, identidades regionais e processos de comunicação.


A união do cinema e da filosofia em Gurupi

Há mais de dez anos que a APUG-Ssind – Associação dos Professores Universitários de Gurupi, vem colocando em prática o Curso de Extensão de Extensão Filosofia, Literatura e Cinema, em parceria com a Universidade de Gurupi – Unirg. O curso foi idealizado pelo  professor José Carlos de Freitas, que também o coordena.

Livro

Para marcar com chave de ouro essa data histórica, foi lançado o livro A filosofia através do cinema – Uma década de ensino (Editora Veloso), obra organizada pelos professores Edna maria Cruz Pinho, Joel Moisés Silva Pinho e José Carlos de Freitas, reunindo 16 artigos de professores e acadêmicos comprometidos com o projeto


A visão política de Cleber Toledo em livro

O leitor tocantinense já pode encontrar nas livrarias Leitura, do Capim Dourado Shopping, e GEP Palmas, Araguaína e Gurupi, com o livro 2018 – crise fiscal, política e 3 eleições (Editoria Veloso), do jornalista Cleber Toledo.

Leitura salutar

Neste período eleitoral em que vivemos, a obra de Cleber Toledo é mais do que apropriada para uma salutar leitura de suas 574 páginas. Trata-se de coletânea especial das crônicas e artigos publicados pelo jornalista na Coluna do CT, a partir do fim das eleições municipais de 2016 até o final das eleições de 2018. Os textos foram divididos por blocos temáticos.

Resgate

Cleber Toledo explica que teve a iniciativa de reunir essas crônicas e artigos em livro para garantir que esta história seja facilmente encontrada por estudiosos e pelo público em geral, vez que as publicações em internet se perdem rapidamente. “Creio que 2018 representou uma virada de página na nossa história recente, marcada pelas disputas abertas em 2005 com o rompimento da União do Tocantins e o fim da hegemonia do siqueirismo no Estado. É hora de pensarmos o futuro do Tocantins com mais serenidade”, defendeu Toledo.


Filosofia: e nós com isso?

Um dos grandes nomes da filosofia nacional, Mário Sérgio Cortella já conquistou milhares de pessoas com suas palestras e livros esclarecedores e provocativos. Nesta nova obra, Filosofia: e nós com isso? (Vozes Nobilis), aborda um assunto profundo e necessário, e explica porque a Filosofia é tão importante para nossa vivência.

Contribuição

Segundo Cortella, a principal contribuição da Filosofia É criar obstáculos, de modo a impedir que as pessoas fiquem prisioneiras do óbvio, isto é, que circunscrevem a sua existência dentro de limites estreitos, de horizontes indigentes e de esperanças delirantes. Em outras palavras, a Filosofia estende a nossa consciência e fortalece nossa autonomia.



ZACARIAS MARTINS
É autor de seis livros de poesias e um de crônicas. Tem participação em mais de 50 antologias literárias pelo País afora. É ainda membro-fundador da Academia Tocantinense de Letras e da Academia Gurupiense de Letras. Integrou o primeiro colegiado do Conselho Estadual de Cultura do Tocantins. Também representa o Tocantins na Academia Brasileira de Jornalismo (ABJ).

Informações sobre eventos literários e lançamentos de livros devem ser enviadas para Zacarias Martins pelo e-mail zacamartins@gmail.com.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também