CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Cinthia reage no Twitter após ataques de Ataídes: “Esperar o quê de um machista desequilibrado?”

Presidente do PSDB do Tocantins afirmou que a Capital “está jogada às traças” com a gestão da correligionária

Cinthia reage no Twitter após ataques de Ataídes: “Esperar o quê de um machista desequilibrado?”
5 (100%) 11 votos

Após ataques do presidente regional do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Ataídes Oliveira, a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB) reagiu no Twitter. Sem citar nomes, a gestora dispara: “esperar ‘o quê’ de um machista, desequilibrado?”, publicou na manhã desta segunda-feira, 6, na rede social.

“Se o cabra soubesse o quanto é desafiador ser pai e mãe ao mesmo tempo, homem e mulher da casa, arrimo de família, administrar uma cidade inteira e se superar diariamente. Mas esperar ‘o quê’ de um machista, desequilibrado? Não consegue arrumar nem o próprio nariz cheio de remendos”, diz na publicação completa.

Ataques
Ataídes Oliveira foi reeleito presidente do PSDB do Tocantins após ter sido o único a registrar chapa. Em conversa com o CT, o ex-senador aproveitou o momento para criticar Cinthia Ribeiro, com quem está rompido há pelo menos dois anos. O dirigente se colocou como pré-candidato a prefeito de Palmas, apesar da correligionária já ocupar o posto.

“Estou avaliando. É que não podemos deixar essa senhora prefeita dormindo até tarde e deixando nossa bela Capital jogada às traças, sem segurança, saúde, no primeiro lugar em dengue, e muitos mais, preocupada tão somente com o cargo e outros interesses”, atacou Ataídes Oliveira.

Rompimento
Cinthia Ribeiro foi uma das indicações do próprio Ataídes Oliveira para ser vice de Carlos Amastha (PSB) para as eleições de 2016. Entretanto, após eleita, a tucana ficou mais próxima do socialista do que do companheiro de partido, optando por defender uma candidatura do ex-prefeito ao Palácio Araguaia ao invés de apoiar ex-senador, que tinha a mesma intenção.

Amastha e Ataídes acabaram por ser parceiros de chapa na campanha de 2018, mas mesmo apoiando o ex-prefeito para governador, Cinthia Ribeiro declarou apoio para Vicentinho Alves (PR) e Eduardo Gomes (MDB) ao Senado Federal, ignorando o presidente do PSDB no Tocantins.

Esta decisão por Vicentinho e Gomes custou à Cinthia Ribeiro abertura de processo de expulsão pelo diretório regional, mas o mesmo acabou arquivado pela executiva nacional.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também