CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Homem forte de Amastha, Adir chega a assumir PSB de SC após intervenção, mas é afastado pela Justiça

Ex-subprefeito da Região Sul de Palmas Adir Gentil (Foto: Secom Palmas)
Homem forte de Amastha, Adir chega a assumir PSB de SC após intervenção, mas é afastado pela Justiça
5 (100%) 11 votos

Coluna do CT

Ex-presidente do Podemos no Tocantins, ex-subprefeito da Região Sul de Palmas e homem forte o ex-prefeito Carlos Amastha (PSB), Adir Gentil chegou a ser nomeado no início de maio presidente do PSB de Santa Catarina, num ato do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira. Contudo, dias depois, Adir foi tirado do comando por uma decisão judicial.

Carlos Siqueira fez uma intervenção federal no PSB de Santa Catarina, destituindo sua Executiva, presidida por Ronaldo Freire, braço direito do ex-deputado federal catarinense Paulo Roberto Bornhausen.

Conforme a imprensa local, com Freire, o PSB daquele Estado foi oxigenado, elegendo vários prefeitos, deputado federal e estaduais.

Reação a nomeação

A nomeação de Adir, que está fora de Florianopólis há muito tempo, para presidente da comissão provisória desagradou e houve reação. Freire e seus colegas entraram na Justiça Federal em Brasília, que decidiu pela anulação do ato de Siqueira. O presidente nacional do PSB recorreu, mas perdeu.

Assim, Freire continua na presidência e Adir e seus aliados foram destituídos.

Histórico

Em Santa Catarina, Adir foi vereador em Florianópolis por dois mandatos nos anos 1980 e depois chegou a assumir as vagas de deputado estadual e de senador, como suplente. No Tocantins, tentou se eleger deputado federal pelo Podemos no ano passado, mas, sem sem chances, acabou desistindo no meio da campanha para tentar favorecer o vereador Tiago Andrino (PSB), que também queria chegar à Câmara Federal. Andrino também não conseguiu.

Leia também