CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

EM OFF / Jorge Frederico e Alexandre Guimarães conversam num encontro discreto; prefeito de Almas, Vaguinho diz que pré-candidaturas de Neri e Goianyr são da base de Wanderlei

JORGE E ALEXANDRE CONVERSAM

O pré-candidato a prefeito de Araguaína e deputado estadual Jorge Frederico e o deputado federal Alexandre Guimarães, ambos do Republicanos, tiveram um discreto encontro nessa quarta-feira, 31. Apesar do mesmo partido, os dois ainda não chegaram a um entendimento sobre os rumos das eleições no município. Jorge Frederico não entrou nos detalhes da conversa, que classificou de “diálogo produtivo”. Para o deputado, é “muito natural” que eles se conversem. “Somos amigos pessoais, sou amigo da família dele, somos do mesmo partido, Alexandre é importante para Araguaína, somos da mesma região e temos líderes em comum em vários municípios”, pontuou Jorge.

SÃO DUAS PRÉ-CANDIDATURAS DA BASE DE WANDERLEI

O prefeito Wagner Nepomuceno de Carvalho, o Vaguinho (MDB), afirmou à coluna que não descarta a possibilidade de até as convenções haver um consenso sobre os projetos de pré-candidaturas à sua sucessão de seu vice, Neri Xavier (Republicanos), e o do jornalista Goianyr Barbosa (Republicanos). “Porque é uma construção que visa a continuação da melhoria de Almas”, defendeu. Para Vaguinho, que termina seu segundo mandato este ano, essa relação está posta como se houvesse uma guerra entre dois grupos, um de situação e outro de oposição ao Palácio Araguaia. “E não é verdade. São dois grupos da base do governador [Wanderlei Barbosa, Republicanos]”, ressaltou.

FALA BEM DO GOVERNADOR

Vaguinho lembrou que ele e Neri, com sete vereadores, andaram Almas, “de porta em porta”, em 2022, pedindo votos para Wanderlei, para a senadora Dorinha Seabra Rezende (UB) e para o deputado estadual Nilton Franco (Republicanos). Como resultado, os três foram os mais votados da cidade. “Tenho muita consideração pelo governador. Falo muito bem dele aonde eu vou, porque ele destravou uma empresa de mineração aqui em Almas que eu não conseguia com outros governos. Com o governo dele foi rápido, e a gente gerou mais de 1000 empregos diretos rapidão”, contou.

O POVO DECIDE

O prefeito disse que Goianyr é seu amigo e o respeita, e que, ao longo dessa construção, “o povo vai decidir quem deve ser o candidato”. “Não podemos jogar na lama todas a melhorias que estamos conquistando por causa de uma eleição. Eu quero deixar uma cidade alinhada”, avisou.

COKIM VAI PARA O PROGRESSISTAS

Vereador de Tocantinópolis, Roberlan Cokim (Podemos) vai para o Progressistas. Ele é um dos principais nomes da oposição ao grupo dos Gomes. A oposição fez uma segunda reunião segunda-feira, 26, e recebeu mais adesões. Bazim Alves, que está fechando com os opositores, avisou no encontro que é impossível o grupo dele apoiar a gestão do prefeito Paulinho Gomes (PSD), e defendeu que hoje o nome “para enfrentar e vencer” é o de Roberlan Cokim. “Ele vem batalhando, crescendo e preparando o terreno para disputar esta eleição há bastante tempo, portanto, não vejo outro nome melhor no momento para mudar o quadro político em nossa cidade”, garantiu Bazim, que é cabo da PM e tem um grupo que faz intenso trabalho social no município, promovendo eventos esportivos, dia da beleza, entrega de cestas básicas, entre outros.

FERNANDO MOTA TAMBÉM É PRÉ-CANDIDATO

O servidor público Fernando Mota colocou seu nome à disposição para disputar a Prefeitura de Miranorte, durante reunião com o deputado estadual Ivory de Lira (PCdoB). Ele tem forte atuação no setor social e esportivo do município e foi presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública e Defesa Social de Miranorte. Com seu trabalho, Ivory se tornou majoritário na cidade nas eleições de 2022. O parlamentar do PCdoB fez 1.155 votos por lá (15,75% do total) e, para se ter ideia, o segundo foi Léo Barbosa (Republicanos) com 567 votos (7,73%).

AINDA NÃO ESCOLHEU

Apesar de aparecer no vídeo em que o governador Wanderlei Barbosa anuncia apoio à pré-candidatura do vereador Adriano Santiago (Republicanos) à sua sucessão em Miranorte, o prefeito Carlinhos da Nacional ainda não decidiu quem vai lançar oficialmente. Além de Adriano, outros nomes da base de Carlinhos também querem ser o candidato da gestão: a vice-prefeita Jô Ribeiro, a vereadora Ana Luiza e o servidor público Leandro Barbosa.

EM SÃO BENTO, ADELSIM VAI PARA O PT

O vereador Adelsim do Povo, de São Bento do Tocantins, vai trocar o Solidariedade, pelo qual foi eleito em 2020, pelo PT. O parlamentar foi aceito no partido do presidente Lula após avaliação da executiva estadual da legenda.

CONVITES DE 5 PARTIDOS

O prefeito de Porto Nacional, Ronivon Maciel (PSD), tem convites de filiação de pelo menos cinco partidos diferentes, entre eles Podemos, MDB e PSDB. Contudo, ele segue com prestígio no PSD e conta com o apoio do senador Irajá, que comanda a sigla no Estado.

GESTO POLÍTICO A WANDERLEI

No entanto, Ronivon vem sendo aconselhado por aliados a não permanecer no PSD e aceitar um dos convites para fazer um gesto político ao governador Wanderlei Barbosa, de quem Irajá é inimigo. A ideia desses aliados é que o prefeito mostre ao gestor estadual que não é um candidato de oposição ao Palácio Araguaia e, sim, uma pessoa a aberta a parcerias político-administrativas.

NO DIA DO ANIVERSÁRIO

A Operação Dubai, da Polícia Federal, deflagrada para apurar supostos crimes de desvio de recursos públicos do Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate) na Prefeitura de Formoso do Araguaia, ocorreu no dia do aniversário do ex-vereador Ronison Parente, principal nome da oposição ao prefeito Heno Rodrigues (UB) para as eleições de outubro. Ele comemora nova idade exatamente nesta quinta-feira, 1º.

É FAKE NEWS

A vice-prefeita de Darcinópolis e pré-candidata às eleições de outubro, Eldainy Negreiros da Silva, foi às redes sociais para desmentir uma fake news que circula por lá. É que ela passou concurso da Educação e seus opositores andaram espalhando que, por isso, Eldainy não poderá disputar a prefeitura da cidade. Claro que não é verdade, isso não a impede de concorrer. “O projeto continua de pé. No momento devido, eu vou tirar licença para concorrer às eleições municipais da nossa cidade”, esclareceu em vídeo nas redes sociais.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também