CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Corrida pelo fim da violência contra a mulher, promovida pela PM e parceiros, reúne centenas de participantes em Palmas

Na manhã deste sábado, 25, a largada aconteceu pelo fim da violência contra a mulher. A Polícia Militar, através da Diretoria de Programas Sociais e da Coordenação Patrulha Maria da Penha, e outras instituições públicas e privadas que atuam na proteção da mulher, realizaram uma corrida para chamar a atenção da sociedade para o combate a este tipo de crime.

O evento foi realizado em alusão ao Dia Internacional pelo Fim da Violência contra a Mulher, celebrado no dia 25 de novembro no mundo inteiro. O percurso teve um total de 5km e a largada da corrida aconteceu na entrada norte da Praça dos Girassóis, por volta das 7h.

O objetivo foi fomentar a conscientização da sociedade sobre a necessidade de ações preventivas e repressivas que moldem a cultura e comportamento das pessoas em relação às mulheres e demostrar que o caminho deve ser percorrido com a união de forças públicas e privadas.

A Sargento Sally Guedes, que participou do evento, relata sua experiência: “Estar aqui em meio à tantas mulheres que se esforçam para combater e mudar a visão da sociedade sobre este tipo de crime é muito enriquecedor. Precisamos dar destaque a essa luta e a conscientização é o melhor caminho”.

Durante a Corrida, as Forças de Segurança participaram em grupos, na forma de pelotões e algumas assessorias esportivas também estavam presentes.

Todos os alimentos arrecadados no ato das inscrições, serão destinados às instituições que apoiam as vítimas de violência doméstica em Palmas e outros municípios do Estado. Como toda ajuda é necessária para esta causa, quem não conseguiu realizar a inscrição doou 1kg de alimento não perecível à campanha.

No local, diversas instituições públicas e privadas, promoveram ações de conscientização no intuito de diminuir, e quem sabe, erradicar este tipo de crime que vitimiza tantas meninas e mulheres no Tocantins e no Brasil.

Para o Tenente-coronel PM João Leyde de Souza, Diretor de Programas Sociais da PMTO: “Esta é mais uma ação integrada e cooperativa com objetivo de prevenir todas as formas de violência contra a mulher, no nosso Estado. A ideia é fazer a sociedade entender que a Polícia Militar e outros órgãos de proteção à mulher, estão trabalhando em todas as linhas pelo fim da violência contra este gênero”.

Apoiaram o evento, a Secretaria Estadual da Mulher, Corpo de Bombeiros Militar, Núcleo de Prevenção das Violências, Promoção da Saúde e Cultura de Paz (Nupav), Secretaria de Segurança Pública do Estado, Associação dos Militares da Reserva, Reformados da Ativa e seus Pensionistas do Estado do Tocantins (Asmir), Ordem dos Advogados do Tocantins (OAB-TO), Guarda Metropolitana de Palmas, Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica, Ministério Público, Agência de Trânsito, Transportes e Mobilidade (ATTM), Defensoria Pública e Poder Judiciário.

Estiveram presentes no evento, o Chefe do Estado Maior da PMTO, Coronel Cláudio Thomás Coelho de Sousa e o SubChefe do Estado Maior da PMTO, Coronel Marizon Mendes Marques. O Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militares, o Coronel Peterson Queirós Ornelas, e a Chefe do Estado Maior do Corpo de BombeIros Militares a Coronel Andreya de Fátima Bue o também participaram. (Da assessoria de imprensa)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também