CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Insegurança com cenário de pandemia faz com que 28% dos jovens estudantes cogitem não voltar às aulas, aponta pesquisa

Pesquisa do Conselho Nacional da Juventude (Conjuve) denominada “Juventudes e a Pandemia do Coronavírus”, divulgada nesta terça-feira, 22, mostrou que uma boa parte dos jovens brasileiros já pensaram em não retornar às atividades de ensino após o fim do isolamento social.

Mais de 30 mil jovens consultados

A pesquisa do Conjuve foi realizada entre os dias 15 a 31 de maio e ouviu  33.688 com jovens entre 15 a 29 anos. Apenas 10% dos entrevistados eram da região Norte, conforme aponta relatório.

Atividades para lidar com as emoções

A maior parte dos jovens que responderam ao questionário está no ensino médio ou na faculdade. Entre os estudantes, 8 em cada 10 realizam algum tipo de atividade de ensino remoto. Dados apontam que 57% dos jovens consideram que escolas e faculdades devem priorizar atividades para lidar com as emoções e 49% pedem estratégias para gestão de tempo e organização.

Inseguros

Conforme dados da pesquisa, as barreiras para a continuidade dos estudos são tamanhas que questionados sobre a volta às aulas após o fim do isolamento social, 28% pensam em não retornar e 49% já pensaram em desistir do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Apoio 

A pesquisa foi feita em parceria com com a rede Em Movimento, Fundação Roberto Marinho, Mapa Educação, Porvir, Rede Conhecimento Social, Unesco e Visão Mundial


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também