CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Inaugurado, voo para Recife liga Tocantins não só ao Nordeste, mas ao mundo

Inaugurado, voo para Recife liga Tocantins não só ao Nordeste, mas ao mundo
5 (100%) 11 votos

Uma comitiva liderada pelo vice-governador Wanderlei Barbosa (PHS), composta, entre outros, pelo presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, e pelo diretor de Relações Institucionais da Azul, Ronaldo Veras, acompanhou o primeiro voo da empresa aérea de Palmas a Recife (PE) nesse sábado, 6. Ao todo, 118 passageiros inauguraram a linha que liga o Tocantins ao Nordeste, e ao mundo. Essa linha sairá todo sábado, às 10h55, da capital do Tocantins em direção ao Pernambuco e retornará às 14h35.

“Não estamos conectando o Tocantins apenas com Recife, mas ao mundo”, afirmou o diretor da Azul, Ronaldo Veras. Isso porque o Aeroporto Internacional de Recife tem conexões com Estados Unidos, América do Sul e Europa. Também na noite desse sábado, além de Palmas, estava sendo inaugurado um voo da capital do Pernambuco para o Chile.

O presidente da Adetuc, Tom Lyra, avaliou que o ganho com essa integração do Tocantins com o Nordeste não é apenas para o turismo de lazer, mas também para o de negócios. “É um marco histórico”, definiu Lyra.

O vice-governador Wanderlei Barbosa também ressaltou a importância do novo voo para os negócios do Estado. “Abrimos fronteiras, e isso nos deixa muito satisfeitos”, afirmou.

Wanderlei defendeu que a oferta de mais esse voo ainda contribui para o avanço do Estado no campo da mobilidade. “Queremos tornar o Tocantins mais leve e com uma mobilidade melhor”, disse o vice-governador. Para ele, é importante pensar o turismo de lazer, mas também no de negócios.

A comitiva oficial do Tocantins foi recebida em Recife pelo secretário de Turismo e Lazer do Pernambuco, Rodrigo Novaes, sua equipe e representantes da Infraero. Novaes defendeu uma parceira entre os dois governos para ações promocionais do turismo tocantinense e pernambucano. “Para falar de nossas belezas, nosso litoral sul e litoral norte, a força da nossa cultura e da nossa história, e o mesmo também ao contrário. Estamos de portas abertas para a gente reunir o trade, as operadoras”, afirmou numa rápida solenidade no Aeroporto Internacional de Recife, na chegada do voo de Palmas. “Que este seja o início de uma relação que será bastante importante para os dois Estados”, desejou o secretário pernambucano.

800 kg de encomenda
O  primeiro voo para Recife não foi um sucesso apenas pela presença dos 118 passageiros, mas também pelo volume de cargas que estava levando. Nessa estreia foram para Pernambuco 800 quilos. Segundo a Azul, esse volume, antes, teria que ir a Campinas e de lá chegar ao Nordeste um dia depois do embarque.

Agora, saiu no final da manhã desse sábado e às 13h30 já está sendo desembarcado na capital do Pernambuco.

O diretor de Relações Institucionais da Azul, Ronaldo Veras, elogiou a iniciativa do governo do Tocantins de garantir o incentivo fiscal para que esse voo se tornasse realidade. A nova rota foi possível após a redução da base de cálculo do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e  de Comunicação (ICMS) nas operações internas com Querosene de Aviação (QAV) e Gasolina de Aviação (GAV), estabelecida pela Lei n° 3.439/2019, de 4 de abril de 2019, oriunda da Medida Provisória n° 04/2019, enviada à Assembleia Legislativa pelo governador Mauro Carlesse no dia 8 de fevereiro de 2019. A alíquota, que era de 14%, passou a ser reduzida de forma progressiva entre 7% e 3%, conforme o investimento da empresa aérea na aviação comercial dentro do Estado. 

Veras explicou que 44% do custo do voo é com querosene, o que causa um impacto muito direto na operação.

Voo em Araguaína
Ele confirmou que a Azul estará nesta semana fazendo vistoria técnica no Aeroporto de Araguaína para avaliar as possibilidades de colocar um voo na cidade, que, segundo a prefeitura da cidade, seria para Goiânia. “As conversas estão bem avançadas”, disse ele sem dar os detalhes.


  • O jornalista Cleber Toledo viajou a Recife a convite da Adetuc

COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também