CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Tadeu Zerbini / Tocantins: 31 anos de empreendedorismo

Tadeu Zerbini / Tocantins: 31 anos de empreendedorismo
avaliar matéria

No próximo dia 5 de outubro o Estado do Tocantins completa 31 anos. Temos muito o que comemorar. Muitas coisas boas aconteceram. Quem conheceu o norte goiano antes de 1989, sabe o que estou dizendo.

Imaginem 277.621 Km2 com 60 municípios e, aproximadamente, 900.000 habitantes distribuídos em pequenas cidades e povoados, sem atendimento médico, sem escolas, sem estradas pavimentadas, sem regularização fundiária e, principalmente, sem nenhuma perspectiva futura. Não fosse a construção da BR-153, a Belém-Brasília, seria muito pior.

Quando falamos de empreendedorismo, não podemos deixar de citar a criação do Estado do Tocantins. Empreender ainda é a palavra de ordem em nosso Estado

TADEU ZERBINI É economista e consultor

A região não tinha representatividade política adequada, nem na Assembleia Legislativa de Goiás e muito menos no Congresso Nacional. Não havia interesse político e nenhum outro Estado gostaria de ver o valor de seu FPE diminuir com a criação de um novo Estado. Mas isto foi superado com muita dedicação e compromisso de tocantinenses que viam um futuro melhor para uma região considerada o quintal de Goiás. E venceram com a promulgação da Constituição de 1988.

Naquele cenário de janeiro de 1989, o novo Estado não tinha dívidas, não tinha funcionários públicos, com exceção dos remanescentes do Estado de Goiás e não tinha um planejamento estratégico consolidado. A conjuntura econômica da época era de inflação absurda, o governo reteve saldos da poupança dos brasileiros e o dinheiro ficou curto para empresas e indivíduos investirem.

Para algumas pessoas era um momento desesperador, mas para outras era a oportunidade para empreender. Não falo somente em empreendimentos econômicos e de infraestrutura, falo principalmente do empreendedorismo social. Construção de hospitais, escolas, pioneiros mirins e tantos outros programas sociais começaram a mudar a vida dos tocantinenses. A construção de Palmas representa o empreendedorismo plural e de grande magnitude. Empreender era a palavra de ordem. Tudo precisava ser feito com rapidez e qualidade. O Trabalho era incessante.

Então, quando falamos de empreendedorismo, não podemos deixar de citar a criação do Estado do Tocantins. Empreender ainda é a palavra de ordem em nosso Estado. Ainda tem muito a ser feito. Precisamos de mais pessoas com espírito empreendedor. Existem muitas áreas que precisam de investimentos, criatividade e dinamismo.

Temos a área de mineração a ser explorada e que trará muitos benefícios. Agora, com a ferrovia pronta tudo ficará mais interessante para os empreendedores. Nossa malha rodoviária atende plenamente as demandas e aliada à malha ferroviária e aos aeroportos estamos prontos para atender o mundo inteiro.

Esta semana acontece em Palmas o Fórum Internacional de Administração, que trata sobre o empreendedorismo, acontece a Fenepalmas e a Arena do Conhecimento do Sebrae. Quanta coisa boa. Quanto empreendedorismo em um lugar que 30 anos atrás era uma fazenda.

O Tocantins é exemplo de empreendedorismo para o Brasil e para o mundo. Temos muitos exemplos a serem seguidos. Não podemos deixar que o empreendedorismo seja resumido à criação de empresas de tecnologias. Temos que inovar mais. A criatividade aliada ao conhecimento científico produz riquezas que modifica a qualidade de vida das pessoas.

Parabéns ao povo do Tocantins que tem o empreendedorismo no seu sangue e na sua mente. Sempre existem boas oportunidades e não vamos esquecer do empreendedorismo social e ambiental. Juntos somos capazes de alterar o mapa do brasil, como aconteceu a 31 anos atrás.

Parabéns tocantinenses. Parabéns empreendedores. Continuem a sonhar e a realizar.


TADEU ZERBINI
É economista, especialista em Gestão Pública, professor e consultor
ctzl@uol.com.br


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também