CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Alan diz que Paço e Palácio não têm projeto para Palmas e que experiência de gestão de Andrino “ainda é limitada”

Alan diz que Paço e Palácio não têm projeto para Palmas e que experiência de gestão de Andrino “ainda é limitada”
avaliar matéria

O pré-candidato a prefeito de Palmas pelo Podemos, Alan Barbiero, ressaltou em entrevista ao quadro Conversa de Política sua experiência administrativa no município, Estado e à frente da Universidade Federal do Tocantins (UFT) como sua principal diferença em relação aos demais concorrentes. “Eu acredito que essa diferença é muito importante porque Palmas é uma cidade complexa”, defendeu.

Sem projeto

Alan disse que faltam projetos aos pré-candidatos do Paço, Cinthia Ribeiro (PSDB), e do Palácio, Wanderlei Barbosa (PHS). “Acho que os dois projetos oficiais, do Palácio e do Paço, não têm projeto. A questão é essa. Se você perguntar qual é o projeto para Estado do Tocantins do curto, médio e longo prazos, não consegue enxergar. Qual é o projeto que a atual gestão de Palmas tem para a nossa cidade, também ninguém conhece. Nunca foi apresentado”, afirmou o também presidente metropolitano do Podemos.

Experiência limitada

Alan disse ter “um carinho muito grande” pelo vereador Tiago Andrino, também pré-candidato a prefeito e seu ex-colega de PSB, mas avaliou que falta experiência a ele. “É um excelente vereador, seria um excelente deputado federal, mas acredito que a experiência de gestão dele ainda é limitada. Talvez seja uma das principais diferenças nossas”, apontou.

Mais de R$ 100 milhões administrados

O ex-reitor da UFT e ex-secretário de Meio Ambiente do Estado (último governo Siqueira Campos) e de Planejamento de Palmas (gestão Amastha) lembrou já ter sido experimentado: “Eu já fui experimentado. Eu já administrei um orçamento de mais de R$ 100 milhões e demonstrei resultado. Eu tive a oportunidade de ser gestor estadual, municipal e, graças a Deus, apresentamos bons resultados.

Quem você contrataria?

Alan ilustrou: “Você buscaria alguém com menos experiência ou com mais experiência para administrar sua empresa. Alguém que apresentasse um currículo e que estivesse em fase de amadurecimento e uma pessoa que já teve a oportunidade de trabalhar tanto no setor público quanto no setor privado, que passou por vários lugares e você pode pedir referências e terá boas referências. Você contrataria qual dos dois? Essa talvez seja uma diferença, não com o Tiago [Andrino], propriamente dito, mas acho que com relação a vários outros candidatos”.

Candidatura competitiva

Na entrevista, Alan ainda contou como pretende atrair líderes de outros partidos e convencer pré-candidatos de que sua candidatura será mais competitiva. “Pela forma como estamos construindo nossa pré-candidatura, não tenho dúvida de que vamos chegar em julho com um grupo bom de partidos”, garantiu, avisando, contudo, que será seletivo: “Queremos fazer um time que represente a renovação na política, que tenha a capacidade de avançar mais em Palmas. Aquela política tradicional, aquela cultura política antiga, patrimonialista, ou perseguidora, não faz parte do meu campo de atuação”, avisou.

Assista a seguir a íntegra da entrevista de Alan Barbiero ao quadro Conversa de Política:


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também