CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Após anunciar desistência e recuo, Amastha é o primeiro a registrar candidatura

Coligação majoritária foi batizada com o mesmo título com o qual o ex-prefeito disputou a eleição suplementar, “A Verdadeira Mudança”

0
Após anunciar desistência e recuo, Amastha é o primeiro a registrar candidatura
5 (100%) 2 votos

Depois de causar um rebuliço após anunciar a desistência da candidatura a governador um dia depois de ser lançado em convenção partidária, Carlos Amastha (PSB) foi o primeiro a ter a candidatura registrada no Tribunal Regional Eleitoral. O procedimento foi realizado na manhã desta quinta-feira, 9, pelo advogado do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Leandro Manzano.

Na ocasião, apenas a chapa majoritária foi registrada. Quem disputa a eleição ao lado de Carlos Amastha são: Oswaldo Stival (PSDB), como candidato a vice-governador; os senadores Vicentinho Alves (PR) e Ataídes Oliveira (PSDB), que vão a reeleição; e os primeiros e segundos suplentes Homero Barreto e Edinaldo Lucena – do republicano -, e Luiz Sérgio e Artur Ribeiro do tucano. PSB, MDB, PSDB, PR, PSC e Podemos formam a coligação “A Verdadeira Mudança”.

Amastha ao anunciar retorno à candidatura a governador ao lado de aliados (Foto: Ascom/PSDB)

O título dado a chapa majoritária repete o nome utilizado por Carlos Amastha para disputar o governo do Estado na eleição suplementar de junho, na qual ficou na terceira colocação. O registro das coligações proporcionais do grupo para disputar vagas na Câmara e na Assembleia Legislativa devem acontecer até segunda-feira, 13, segundo informou o advogado Leandro Manzano.

LEIA MAIS

Após boatos, Simoni garante que continua na disputa: “Não sou o Amastha para brincar de desistir”
— BOM DIA – Amastha só elevou a dificuldade para se tornar confiável aos olhos dos líderes
— Amastha retoma candidatura após “golpe muito forte” e dispara contra PCdoB: “Deveriam estar envergonhados”

Amastha desistiu de desistir
Após ser lançado candidato a governador em convenção partidária realizada no domingo, 5, Carlos Amastha surpreendeu os eleitores ao anunciar na segunda-feira, 6, que estava desistindo de disputar a eleição. O motivo alegado foi o desembarque dos antigos aliados PCdoB e PTB, que fecharam com Márlon Reis (Rede) insatisfeitos com a imposição de chapa única para as vagas proporcionais. Entretanto, o pessebista refluiu da decisão já na terça-feira, 7, após ter sido convencido pelos aliados.

Leia também
Receba notícias do CT em seu e-mail
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...