CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Após apoio a Vicentinho, vereadores do PSDB de Porto falam em se “aproximar mais” de Ataídes

3
Após apoio a Vicentinho, vereadores do PSDB de Porto falam em se “aproximar mais” de Ataídes
5 (100%) 2 votos

Dois vereadores tucanos de Porto Nacional, Joaquim de Luzimangues e Adael Guimarães, acompanhados do vereador do PTB, Emivaldo Pires (Miúdo), visitaram o senador Ataídes Oliveira (PSDB) na sexta-feira, 13. O encontro ocorreu após a polêmica antecipação Diretório Municipal do PSDB de Porto, que declarou apoio à pré-candidatura do senador Vicentinho Alves (PR) ao governo estadual. Para Ataídes, que também é pré-candidato, os parlamentares “têm muito a contribuir no seu projeto”.

“Vamos caminhar juntos para trabalhar pelo desenvolvimento do nosso Estado. O diálogo com lideranças locais é fundamental para que possamos construir juntos novos caminhos para o Tocantins. São dois companheiros tucanos que têm muito a contribuir e esperamos que o Miúdo (no quarto mandato) siga conosco nesta jornada”, frisou o senador.

LEIA MAIS

Tucano de Porto nega que assinou carta de apoio a Vicentinho
Em carta a Ataídes, PSDB de Porto formaliza apoio a Vicentinho e avisa que membros não vão renunciar

O encontro ocorreu em Palmas. Emivaldo Pires elogiou a atuação parlamentar de Ataídes no Senado Federal e disse acreditar que o presidente do PSDB do Tocantins será capaz de “tirar o Estado do atraso em que se encontra”.

“Vejo no senador disposição de trabalhar para mudar a realidade no nosso Tocantins. Queremos escolher pessoas que se preocupem com o desenvolvimento do nosso Estado e com a qualidade de vida da nossa população. É lamentável cinco mil pessoas nas filas de hospitais esperando cirurgias no Tocantins”, disse.

Joaquim do Luzimangues, apesar de já ter assinado carta de apoio a Vicentinho, destacou a boa receptividade do senador Ataídes às demandas de Porto Nacional e acentuou a importância de maior aproximação com o presidente regional.

“Viemos aqui para nos aproximarmos mais do senador. Ele é um homem que se preocupa com o Estado e estamos aprofundando o diálogo” afirmou o parlamentar.

Relembre
Apesar da pré-candidatura do senador Ataídes, o diretório municipal do PSDB de Porto Nacional declarou no final do mês passado, após reunião com Vicentinho, “apoio incondicional” ao republicano na eleição suplementar de 3 de junho.

Ataídes não gostou nada da manifestação de apoio ao possível concorrente, mas disse não ser uma posição de todo diretório. Ao CT, o parlamentar informou que Flávio Macedo teria se comprometido com ele em renunciar ao comando da sigla caso decidisse mesmo apoiar Vicentinho.

Macedo confirmou ter falado ao senador que não teria problema em renunciar ao cargo, mas a situação teria mudado com a decisão de todo diretório em manifestar apoio a Vicentinho em nome da sigla.

Ataídes adiantou, contudo, que se porventura os membros que apoiarem Vicentinho não renunciarem ao partido, a executiva estadual deverá tomar “as providências necessárias cabíveis”.

No dia 3 o diretório municipal divulgou uma carta que foi encaminhada a Ataídes comunicando, oficialmente, a aliança com o senador Vicentinho. O grupo avisou, entretanto, que não iria se desligar da sigla.

O diretório pediu ainda para o presidente estadual do partido não ver como “ato de rebeldia” ou “desobediência” a posição adotada. “Trata-se de apoio a um companheiro de primeira hora e merecedor de nosso respeito e reconhecimento, razão pela qual conclamamos V. Exª para acatar a nossa decisão, ao passo que, manifestamos nosso respeito pelo vosso projeto político e desejamos sucesso em vossa caminhada política”, ressaltam.

A carta foi assinada pelo presidente do Diretório do PSDB de Porto Nacional, Rubens Flávio Macedo; a vice-presidente, Maria Deuzelice Vitorino; a 1ª secretária, Deuzelina Chagas, o 2º secretário, Hildebrando Mendonça; o tesoureiro, Sebastião Araújo; o delegado, Renato Godinho; o vereadores Joaquim Pereira Neto, o ex-prefeito Otoniel Andrade e mais 13 membros da sigla.

O nome do vereador Adael Guimarães aparece no documento, mas ele garante que não assinou o mesmo. Segundo ele, ainda não é o momento para definições de apoios. (Com informações da Assessoria de Comunicação do senador Ataídes Oliveira).

Leia também
Receba notícias do CT em seu e-mail
Inscreva-se para receber as últimas novidades e atualizações diretamente no seu e-mail.
Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento
Comentários
Carregando...