CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Depois de 9 meses, cargos federais no TO serão redistribuídos com 1º turno da reforma da Previdência no Senado

Depois de 9 meses, cargos federais no TO serão redistribuídos com 1º turno da reforma da Previdência no Senado
5 (100%) 10 votos

Passados nove meses de governo Jair Bolsonaro, a redistribuição dos cargos federais no Tocantins ainda está indefinida. No entanto, a situação está próxima de ser resolvida. A expectativa é de que até semana que vem fica pronto o desenho dessa redistribuição, já que o primeiro turno da reforma da Previdência deve ser votado no Senado. Aí ficará claro para o governo quem é quem, e os cargos poderão ser devidamente loteados.

Mudanças fortes

Conforme a Coluna do CT apurou, haverá uma movimentação grande com relação aos espaços federais e algumas mudanças fortes no espaço partidário, a partir da configuração que vai ser definida com a votação da reforma.

Mantoan em compasso de espera

Alguma movimentação já está ocorrendo no Estado diante da expectativa dessas mudanças. Uma delas foi a saída do advogado Eduardo Mantoan do comando no Tocantins da Geap Autogestão em Saúde, uma indicação que havia sido feita pelo senador Eduardo Gomes (MDB) por volta de abril. Mantoan está em compasso de espera, já que deve ser designado para outro cargo.

Bancada rachada

No entanto, além das indecisões do governo Bolsonaro, a bancada federal terá que superar rachas internos, que também podem criar dificuldades para distribuição desses cargos. “Nossa bancada tem mais racha que o normal”, admitiu um deputado.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também