CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Passaredo suspenderá voo Araguaína-Palmas em outubro; “Traição e injustiça”, dizem Dimas e Célio Moura

Passaredo suspenderá voo Araguaína-Palmas em outubro; “Traição e injustiça”, dizem Dimas e Célio Moura
5 (100%) 10 votos

A Passaredo Linhas Aéreas decidiu deixar de operar o voo Araguaína-Palmas, com continuação em Goiânia e Ribeirão Preto, a partir de outubro. Para tentar reverter a decisão, os deputados federais Tiago Dimas (SD) e Célio Moura (PT), acompanhados do vice-prefeito de Araguaína, Fraudneis Fiomare (PSC), estiveram com o diretor da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Juliano Noman, no início da noite dessa terça-feira, 10.

Reforçar Congonhas-Santos Dumont

Dimas disse que, ao que tudo indica, a Passaredo optou por tirar os aviões do Estado para reforçar a ponte aérea Congonhas-Santos Dumont (São Paulo-Rio de Janeiro). Segundo o deputado, a empresa foi beneficiada por uma decisão da Anac que permitiu uma melhor distribuição dos slots (autorizações para pousos e decolagens) da Avianca e acabou ganhando o direto de operar nessa lucrativa rota.

Injustiça e traição

O deputado afirmou que o sentimento “é de injustiça e traição”.”Eu fui uma das pessoas que entendia que o modelo anterior, que iria priorizar a Latam e Gol, criaria uma concentração ainda maior no mercado, trazendo prejuízos e população. Mas aí, a Passaredo pega e faz isso com Araguaína. Nos sentimos totalmente traídos, ainda mais sabendo que a rota da nossa cidade nunca deu prejuízo”, disse Dimas. Ele defendeu que a Anac precisa verificar o que está ocorrendo.

Premiada com injustiça

O deputado Célio Moura lembrou que Araguaína é principal cidade do Tocantins em atividade econômica privada. “A população sempre frequentou o voo e agora está sendo ‘premiada’ por essa injustiça”, avaliou. Ele garantiu que vai seguir lutando para tentar restabelecer o voo para Palmas e as outras cidades.

Prejudica todo mundo

O vice-prefeito Fiomare disse que a saída do voo prejudica “todo mundo”, afasta investimentos e futuros negócios, além de dificultar a vida dos empresários que moram na cidade.

Reunião com presidente

Tiago Dimas falou por telefone com o presidente da Passaredo, José Luiz Felício Filho. O executivo estava em Brasília por outros compromissos e o deputado tentou, sem sucesso, uma reunião com ele. Nesta quarta-feira, 11, Dimas e Moura farão um novo contato telefônico com Felício Filho na tentativa de abordar o tema.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também