CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Em carta a embaixador chinês, Kátia diz que união com Brasil é mais forte “que eventuais palavras impensadas e inconsequentes”

Em carta a embaixador chinês, Kátia diz que união com Brasil é mais forte “que eventuais palavras impensadas e inconsequentes”
avaliar matéria

Ex-ministra da Agricultura e ex-presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA), a senadora Kátia Abreu (Progressistas) enviou carta nesta sexta-feira, 20, ao embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, dois dias depois da crise diplomática aberta pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). A crise foi deflagrada por uma série de postagens do parlamentar no Twitter, atacando a posição da China no combate ao coronavírus. Wanming rebateu numa postagem na rede social e exigiu retratação do filho do presidente Jair Bolsonaro.

Inaceitável

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, também comprou a briga, mas do lado de Eduardo Bolsonaro e chamou a reação do embaixador de “inaceitável” e “desproporcional”, pedindo retratação da embaixada.

Kátia, como ministra da Agricultura, em missão na China (Foto: Priscilla Mendes)

Palavras impensadas

Na carta a Wanming nesta sexta-feira, Kátia afirmou que “mais fortes que eventuais palavras impensadas e inconsequentes são os princípios de sinceridade, efetividade, afinidade e boa-fé” que unem Brasil e China. “Como Senadora da República e como cidadã brasileira, quero dizer que ninguém poderá sabotar a grande união dos povos da China e do Brasil”, garantiu a senadora tocantinense.

80% da soja para chineses

Ela se diz “defensora incondicional da agropecuária” e lembra que o setor gera mais de 30 milhões de empregos diretos e responde por R$ 1,4 trilhão de ganhos à economia brasileira. “Mais de 80% da soja produzida aqui é consumida pelos chineses”, ressalta.

Solidariedade e apelo

Ao final do documento, Kátia pede ao embaixador que “transmita ao povo chinês minha solidariedade e meu apelo para que possamos seguir avançando na mesma direção neste processo de ajuda mútua, trilhando um caminho de amizade, cooperação e ganhos compartilhados com peculiaridades distintas”.

Confira a íntegra da carta da senadora Kátia Abreu:

“EXMO. EMBAIXADOR YANG WANMING,
REPRESENTANTE DA CHINA NO BRASIL

Venho apresentar sinceros cumprimentos e cordiais saudações ao povo chinês!

Como Senadora da República e como cidadã brasileira, quero dizer que ninguém poderá sabotar a grande união dos povos da China e do Brasil. Mais fortes que eventuais palavras impensadas e inconsequentes são os princípios de sinceridade, efetividade, afinidade e boa-fé que nos unem. Tenho a mais firme convicção de que o futuro das relações Brasil-China é ilimitado, está cheio de esperança, de amizade, de ganhos compartilhados e cooperação amistosa e benevolente.

Estive na China uma dezena de vezes na última década. Vi com meus olhos as cidades chinesas, o desenvolvimento vigoroso do país, a aspiração do povo chinês — exatamente como a aspiração do povo brasileiro — pela felicidade. Acredito que nossos países hão de realizar em sua plenitude a vocação de nações com grande projeção internacional, não como um fim em si mesmo, não como exercício de políticas de poder, mas como um instrumento do desenvolvimento e bem-estar dos seus povos.

Sou defensora incondicional da Agropecuária, setor que gera mais de 30 milhões de empregos diretos e responde por R$ 1,4 trilhão de ganhos à nossa economia. Mais de 80% da soja produzida aqui é consumida pelos chineses. Nossas exportações agrícolas ultrapassam os US$ 102 bilhões ao ano, com superávits comerciais anuais superiores a US$ 88 bilhões. Os números mostram as conquistas notáveis da cooperação Brasil-China por meio da Agricultura.   

Sr. Embaixador, transmita ao povo chinês minha solidariedade e meu apelo para que possamos seguir avançando na mesma direção neste processo de ajuda mútua, trilhando um caminho de amizade, cooperação e ganhos compartilhados com peculiaridades distintas. Como aprendi com os chineses: “uma árvore com raízes profundas dá bons frutos, uma lâmpada com óleo suficiente emana luz brilhante”.

Atenciosamente,

Senadora Kátia Abreu”


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: [email protected]

Leia também