CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Fora da base, Milton Neris descarta revanchismo, aliança com Amastha e diz que Cinthia não está madura para liderar

Fora da base, Milton Neris descarta revanchismo, aliança com Amastha e diz que Cinthia não está madura para liderar
4.7 (94.55%) 11 votos

O vereador Milton Neris (Progressistas) está em Goiânia onde acompanha o pai, que enfrenta problemas de saúde. De lá, ele contou à Coluna do CT que se sente decepcionado com a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB). “Idealizei uma líder que não tem a dimensão que imaginava que tinha, que não está madura para isso”, lamentou.

Não é Débora

Neris disse que via em Cinthia uma Débora, a juíza e profetisa de Israel, que liderou o povo na guerra contra o rei de Canaã, no Velho Testamento. “Estava acostumado com outro padrão de líder, como João Ribeiro, Raul Filho e Marcelo Miranda”, comparou.

Menina mimada

O vereador avaliou ter errado por ter dito internamente “as verdades que a prefeita não queria ouvir”. “Errei nisso, porque ela se revelou uma menina mimada que não pode ser contrariada e, se for, apela”, criticou.

Em defesa de Cinthia

Neris lembrou das vezes em que saiu em defesa de Cinthia, quando das agressões que a prefeita sofreu do presidente do PSDB, ex-senador Ataídes Oliveira, e do ex-prefeito Carlos Amastha (PSB).

Não quis agredir

O parlamentar disse que até agora não sabe porque “se meteu nessa situação”. “Não tive a intenção de agredi-la, ofendê-la, apenas alertá-la para a necessidade de conversar, e, em troca, ela rotulou um amigo”, lamentou ao lembrar de ter sido chamado de machista “do tipo mais baixo”.

Sem revanchismo

De toda forma, o vereador garantiu que não haverá revanchismo. Mas, antes de tomar qualquer decisão, avisou, vai conversar com seu grupo na Câmara, com seu partido em Palmas e no diretório regional, e ainda com o governador Mauro Carlesse (DEM).

Nem Amastha, nem Cinthia

Neris descartou qualquer possibilidade de aliança com o grupo de Amastha, inclusive com o vereador Tiago Andrino (PSB), mas admitiu conversar com outras forças políticas da Capital. “Só não serei mais liderado por ela, porque mostrou que não está preparada para ser líder”, ponderou.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também