CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Léo diz que Cinthia tem que “sair do Twitter e trabalhar”; prefeita: discurso é “machista e ridículo”

Léo diz que Cinthia tem que “sair do Twitter e trabalhar”; prefeita: discurso é “machista e ridículo”
4.3 (86.67%) 12 votos

O deputado estadual Léo Barbosa (SD) não gostou de a prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), ter dito durante coletiva de imprensa sobre o Festival Gastronômico, no início da semana, que agora virou moda falar de Taquaruçu. Segundo Cinthia, “tiveram 30 anos para fazer e ficaram só no discurso e não fizeram”.

Desconhece a história

Nessa quinta-feira, 22, Léo foi à tribuna na Assembleia rebater a prefeita. Para ele, Cinthia desconhece a história do distrito. “Talvez a prefeita não tenha ciência, porque ela conhece pouco vai a Taquaruçu, ela vai lá apenas no Festival Gastronômico e no Capital por um dia. Talvez não saiba que quando subir a ladeira da Maroca, que foi asfaltada pelo meu avô, ela vai dar de cara com a Praça Joaquim Maracaípe… E eu a desafio a tirar uma foto da placa de inauguração daquela praça. Que ela tire e divulgue no Twitter quem fez”, alfinetou.

Incômodo precoce

O deputado disse que tem a impressão de que a prefeita “não conhece a capital que está administrando”. “Mas o que me impressiona é o incômodo precoce dela em relação às ações do governo. Não é normal você criticar uma ação de governo que traz benefício para uma comunidade”, disse Léo se referindo à crítica de Cinthia ao evento de inauguração do Núcleo de Identificação Civil em Taquaruçu.

Sai do Twitter

Léo disse também que a prefeita vai a Taquaruçu “para mentir”. “Esteve no capital por um dia, anunciou o sinal de televisão e talvez ela pense que Taquaruçu ainda pertença a Goiás, porque a televisão que pega lá é de um canal local de Goiás… Então prefeita sai do Twitter e vai trabalhar”, recomendou.

Falou lá, rebate cá

O parlamentar ainda disse que a prefeita “está perdida e parte para o ataque de forma gratuita”. “A partir de agora, as trincheiras estão armadas, ela falou de lá e eu vou rebater de cá, porque ela não tem serviço prestado para querer questionar o trabalho daqueles que fazem”, disparou Léo.

Plasticidade cerebral

À Coluna do CT a prefeita disse que “o Jovem Deputado não entendeu que a plasticidade cerebral da mulher faz com que ela realize várias tarefas ao mesmo tempo”. “Foi infeliz ao dizer que tenho que sair das redes e ir trabalhar. Diferente dele, consigo fazer várias coisas ao mesmo tempo”, cutucou Cinthia.

Chefe de família, pai e mãe

Ela lembrou que, inclusive, é “chefe de família, pai e mãe ao mesmo tempo” e que consegue “estudar, trabalhar e não abrir mão dos cuidados com a cidade”.

Volta para a cozinha

A prefeita retomou o discurso do machismo com que respondeu seu ex-aliado, o vereador Milton Neris (Progressistas): “Até quando vamos ter que tolerar esse discurso machista do ‘vai trabalhar’ como se dissesse ‘volta para a cozinha’?”, questionou. “Ridículo.”

Bateu o desespero

Para a prefeita, “bateu o desespero mesmo”. “No lugar deles, eu também estaria de orelha em pé. Vão ter que sair do discurso e trabalhar muito”, avisou.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também