CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Ricardo Ayres critica veto do presidente à desoneração da folha de 17 setores da economia: “Gera um desgaste desnecessário”

Autor de texto sobre a desoneração apensado ao projeto que foi efetivamente aprovado no Congresso Nacional, o deputado federal Ricardo Ayres (Republicanos) condenou a decisão do presidente da República, Lula da Silva (PT), de vetar a proposta. A matéria  beneficia 17 setores da economia brasileira. “Gera um desgaste desnecessário com diversos setores econômicos, afetando mais de 9 milhões de empregos formais, além de criar atrito com a dinâmica do Congresso Nacional, que aprovou a proposta quase por unanimidade,” disse o tocantinense por meio da assessoria. “Esse veto não vem em boa hora, especialmente considerando o forte apoio econômico que a medida possui e a pauta do emprego, que julgo ser a mais importante do País”, acrescentou.

LEIA MAIS

ENTENDA

O projeto em questão buscava prorrogar a desoneração da folha de pagamentos destes setores, permitindo que as empresas substituíssem a contribuição previdenciária tradicional, que é de 20% sobre os salários dos empregados, por uma alíquota sobre a receita bruta do empreendimento. Essa alíquota varia de 1% a 4,5%, dependendo do setor e do serviço prestado. A sessão do Congresso Nacional para discutir o veto ainda não tem data definida, mas deve ocorrer até o início do recesso parlamentar, em 22 de dezembro. “Acredito e espero que o veto seja derrubado”, disse o deputado.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também