CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

TEMPO REAL / Bate-boca de boteco entre Carlesse e Vicentinho Jr

TEMPO REAL / Bate-boca de boteco entre Carlesse e Vicentinho Jr
4.5 (90.77%) 13 votos

Sempre a coluna afirma que a maior crise que o País e o Tocantins enfrentam não é financeira, mas de líderes. Daqueles que se comportam à altura do cargo. O mau exemplo começa pelo presidente da República, que dia desses avalizou um comentário nas redes antissociais que humilhava a esposa do líder maior da França, Emmanuel Macron, talvez o episódio mais lamentável da história das relações diplomáticas do Brasil. Como brasileiro, me senti extremamente envergonhado, sem entrar no mérito do debate político entre os dois líderes.

Integrantes de Executivos, Legislativos e partidos políticos são a síntese de quem somos, de nossos princípios e valores. Por aí então percebemos o quanto precisamos nos melhorar como Homo sapiens

CLEBER TOLEDO É jornalista e editor da Coluna do CT

Vivemos tempos totalmente obscuros na política e fora dela. O cidadão que gosta de cobrar ética de seus representantes tem um comportamento absurdamente antiético. É o que gosta de “jeitinho” para resolver seus problemas, estaciona em vaga de idosos e deficientes, quer comprar o guarda para evitar a multa e paga por fora para conseguir diploma, CNH, entre outros.

Sempre digo que político não é filho de marciano. Seu caráter foi forjado em lares terrestres, passou pelas mesmas escolas, igrejas, clubes e ambientes de trabalho que nós, reles mortais. Nesses locais conviveu com humanóides e por eles foi influenciado e construiu seus princípios e valores. O que quer dizer todo esse lenga-lenga? Que integrantes de Executivos, Legislativos e partidos políticos são a síntese de quem somos, de nossos princípios e valores. Por aí então percebemos o quanto precisamos nos melhorar como Homo sapiens.

No entanto, não se passa pano aqui para o despreparo moral de nossos políticos. Ao contrário, precisamos que nossos líderes nos deem o exemplo e que este exemplo nos arraste, contamine o espírito de todo o povo e nos eleve no patamar civilizatório. Mas estão em falta com o País, e o que os vemos aprontar nos assusta e nos envergonha — repito: o pior modelo vem de Sua Excelência, o presidente da República, Jair Bolsonaro, um clássico em termos de deselegância, falta de preparo para o cargo e de civilidade.

Mas por aqui também vimos demonstrações da mais baixa civilidade nesta semana. “Corrupto”, “covarde”, “vagabundo”, “cabra-safado” e por aí foram as trocas de elogios entre dois importantes representantes da política tocantina: ninguém menos do que o governador Mauro Carlesse (DEM) e o deputado federal Vicentinho Júnior (PL).

O bate-boca de boteco entre os dois rebaixou o debate público do Estado a um patamar submerso. Lamentável, num momento em que o Tocantins ainda esperneia para superar a mais grave crise fiscal de sua história, ver que as divergências pessoais foram priorizadas em tribunas e eventos públicos, e não as soluções que precisamos para nos reencontrar com o desenvolvimento.

O Tocantins merece muito mais e espera muito mais de seus líderes. Um episódio triste em nossa história.

CT, Palmas, 28 de agosto de 2019.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também