CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Em audiência pública em Tocantínia, Antonio Andrade defende finalização da TO-010

Em audiência pública em Tocantínia, Antonio Andrade defende finalização da TO-010
avaliar matéria

Para ampliar o debate sobre a conclusão da rodovia TO-010, foi realizada em Tocantínia, a 86 km de Palmas, uma audiência pública nesta segunda-feira, 10. A construção da rodovia está paralisada, pois seu traçado passa por uma região de reserva indígena, onde existem diversas aldeias.

O presidente da Assembleia Legislativa do TO (ALTO), deputado Antonio Andrade (PHS), participou da audiência e em seu discurso falou sobre a importância da rodovia que liga Lajeado a Tocantínia, Pedro Afonso, Santa Maria, Itacajá, Recursolândia, Centenário e Rio Sono.

“A Assembleia está pronta para o debate. Não quero saber de quem é a culpa, queremos a solução. Se for da vontade da maioria a construção da rodovia, estaremos prontos para apoiar no que for preciso,” explicou o presidente.

Antonio Andrade lembrou que é obrigação dos deputados ouvir as demandas na população. Ele ainda citou o problema das obras paradas.

“Tenho conversado com governador, mostrado para ele a importância de acabar estas obras, o povo não pode ficar prejudicado porque a empresa judicializou a obra, vamos em busca de soluções e vamos acabar com esta judicialização. Precisamos levar este beneficio a comunidade”, finalizou o presidente.

O deputado Vilmar de Oliveira (SD) presidiu a audiência pública, que contou também com a participação da deputada Wanda de Monteiro (PSL) e do deputado Léo Barbosa (SD). Também participaram o prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino; o prefeito de Pedro Afonso e presidente da ATM, Jairo Mariano, e Eduardo Macedo, coordenador regional da Funai.

A participação da comunidade indígena Xerente e de moradores de Tocantínia foi bastante expressiva. (Da assessoria de imprensa)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também