CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Com objetivos e metas para os próximos 20 anos, Palmas debate Plano de Gestão de Resíduos Sólidos  em audiência pública

A nova versão do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos de Palmas (PMGIRS) foi tema de debate na segunda-feira, 13. Cerca de 60 pessoas participaram da tarde de apresentações e tira-dúvidas da etapa final do processo de revisão, no auditório do Instituto Vinte de Maio de Ensino, Ciência e Tecnologia. A apresentação da versão preliminar do plano com objetivos e metas atualizadas para até 20 anos foi aberta à população.

PLANEJAMENTO E EXECUÇÃO DE AÇÕES DE CURTO, MÉDIO E LONGO PRAZO

Na prática, o plano é um instrumento de gestão pública que vai ser usado pela Prefeitura de Palmas para planejamento e execução de ações de curto, médio e longo prazo. Algumas das proposições incluídas no texto são a implementação de Programa de Educação Ambiental; a redução de até 20% da geração per capita de resíduos em até 12 anos; a ampliação da coleta de recicláveis; a implantação de uma Central de Compostagem; a redução de resíduos dispostos irregularmente em vias públicas, terrenos baldios, rios e córregos, entre outros.

INTRODUÇÃO DA LIMPEZA DE CÓRREGOS

Essas e outras metas foram citadas em uma apresentação ilustrada com gráficos e explicações, que traduziram as preocupações da Prefeitura de Palmas com o que será executado para melhorar a gestão de resíduos sólidos de Palmas pelos próximos 20 anos. Outra novidade incluída na revisão é a introdução da limpeza de córregos, que não está contemplada atualmente nas ações de limpeza pública do Município. A implantação de uma coleta de orgânicos, também não estava no plano anterior.

REVISÃO A CADA DÉCADA

Superintendente de Serviços Públicos da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), Adão Maia falou da agenda. “Já temos um plano desde 2014 que precisa ser revisado a cada dez anos. Esse trabalho de revisão envolveu etapas anteriores de diagnóstico, prognóstico e consulta pública até chegar finalmente nesta proposta de plano revisado. Essa última audiência vai nos ajudar a ajustar o produto que vai ser entregue à comunidade e o que vai ser executado em Palmas pelos próximos anos”, explicou o 

COLETA DE RESÍDUOS RECICLÁVEIS

Segundo a presidente da Fundação de Meio Ambiente de Palmas (FMA), Meire Carreira, atualmente, Palmas conta com o programa de incentivo à entrega voluntária de recicláveis, Renova Palmas.  “A estratégia consiste na implantação de pontos em áreas de grande movimentação e, principalmente, nas escolas, onde acontecem as mobilizações e seu entorno para que aconteça a adesão para entrega de materiais de forma pré-selecionada. Ela é uma tendência, inclusive, em outros países, que começaram esse processo anos atrás com a coleta porta a porta, agora incentivam pequenos deslocamentos para entrega de materiais”, defendeu.

CONTRIBUIÇÕES VÃO ALIMENTAR REDAÇÃO FINAL

As contribuições feitas na audiência serão usadas para a redação do texto final que, após revisão, estará disponível para gestores e toda população. A revisão é conduzida por comissão formada por técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Seisp), FMA, Agência de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos de Palmas (ARP), e consultores da empresa Líder Engenharia e Gestão de Cidades.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também