CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Em ritmo de expansão da Covid-19, Palmas anuncia volta às aulas no dia 3 de agosto, mas por meio de canal digital

A Secretaria Municipal da Educação (Semed) apresentou na sexta-feira, 17, o Plano Educacional Emergencial. O documento estabeleceu o dia 3 de agosto como o retorno da rede de ensino da Capital, mas ainda sem ser de forma presencial por conta da Covid-19. Palmas vai recorrer a um canal digital de televisão para a transmissão das aulas. O novo coronavírus já infectou 3.602 pessoas na Capital, matou 28 e o número de casos da doença vem crescendo nas últimas semanas.

Tecnologia

Segundo a equipe da Semed, o plano também contempla aulas não presenciais por meio da ferramenta “Palmas Home School”, disponível na internet e material impresso para quem não tem acesso à rede mundial de computadores, além de mais um recurso, as teleaulas. Por meio do canal contratado pelo município –  o 5.1 -, as aulas serão veiculadas na televisão aberta. A partir de agosto, todas as atividades não presenciais a serem propostas aos alunos passam a ser contabilizadas como hora/aula para cumprimento da carga horária estabelecida pela legislação.

Programação

Para facilitar a programação de alunos e familiares, cada série terá seu horário e dia determinados na programação do canal. As teleaulas contemplam todas as modalidades de ensino, desde a educação infantil até a educação para jovens e adultos. O conteúdo e as atividades serão unificados, e seguem o mesmo padrão disponibilizado a todos os alunos da rede, independente da unidade escolar em que esteja matriculado. “Todas as orientações e diretrizes contempladas no plano estão em concordância com o Documento Curricular do Tocantins”, observa a secretária municipal da Educação, Cleizenir Santos.

Aula presencial dependerá do nível de contaminação da Capital

Ainda segundo a equipe de técnicos, a possibilidade de retorno presencial das atividades é apenas sugerida no plano, de forma gradativa e crescente até contemplar a totalidade dos alunos, mas somente a partir de setembro e a depender do nível de contaminação do coronavírus em Palmas apontado pelos boletins epidemiológicos. (Com informações da Secom Palmas)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também