CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Porto Nacional decreta estado de calamidade pública após 12 casos e uma morte por Covid-19

Uma semana depois de registrar a primeira morte por Covid-19, a Prefeitura de Porto Nacional decreta estado de calamidade pública. O ato foi publicado nesta sexta-feira, 22, e ainda precisa ser reconhecido pela Assembleia Legislativa para que o Paço seja beneficiado com as flexibilizações da Lei da Responsabilidade Fiscal (LRF) para o combate à doença. O município registrou o primeiro caso do novo coronavírus ainda no dia 28 de abril.

Terá que comprovar necessidade da emergência

A Assembleia Legislativa tem reforçado que o reconhecimento da calamidade pública só virá  caso o ente apresente documentos que descrevam a aplicação dos recursos remanejados e de verbas recebidas, e comprovem a necessidade da emergência. Com 12 casos, Porto Nacional é um dos municípios com medidas menos restritivas

Flexível

O município ainda permite o funcionamento do comércio, regulando apenas o horário de funcionamento de cada setor e estabelecendo a obrigatoriedade de medidas de contenção como a higienização, distanciamento social e uso de máscaras. Academias, igrejas também estão liberados, bem como espaços públicos.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também