CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Secretarias de Saúde do TO dizem que saída de cubanos causará “irreparáveis prejuízos” à população

0
Secretarias de Saúde do TO dizem que saída de cubanos causará “irreparáveis prejuízos” à população
5 (100%) 1 voto

O Conselho de Secretarias Municipais do Estado (Cosems) alertou em nota na noite desta sexta-feira, 16, para “os iminentes e irreparáveis prejuízos à saúde da população” com a saída dos médicos cubanos que atendem no interior do Tocantins. Segundo a entidade, o fim dos contratos “acarretará em reflexos imediatos com a queda ou suspensão dos atendimentos de saúde nos municípios”.

Com isso, defende a nota, haverá aumento da demanda por atendimentos nas redes de média e alta complexidades, agravamento da crise financeira das secretarias municipais de saúde, que precisarão contratar outros profissionais; diminuição das equipes de Saúde da Família, agravamento das desigualdades regionais e comprometimento da qualidade no atendimento alcançada nos últimos anos com a presença dos profissionais do Mais Médicos.

O Estado recebeu 141 profissionais pelo programa Mais Médicos, dos quais 101 são cubanos, que atuam em 70 municípios e pólos indígenas.

A nota conclui pedindo ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) que reveja a posição em relação ao programa e busque soluções que contribuam para o desenvolvimento e o acesso à saúde pública de qualidade.

Confira a seguir a íntegra da nota:


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também