CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

Senai e parceiros distribuem cerca de 4 mil máscaras em Gurupi

Em tempos de pandemia, o crescimento da demanda por máscaras de proteção na rede de saúde motivou a parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) e o vereador Ataídes Leiteiro que resultou na confecção e doação de 4 mil máscaras de pano destinadas a profissionais de saúde e comunidade de baixa renda em Gurupi. Na tarde desta quarta-feira, 22, a entrega das máscaras foi iniciada na Unidade Básica de Saúde do setor Vila Pedroso para utilização pelos servidores municipais.

Na parceria, o SENAI disponibilizou o local e o equipamento para a produção e a mão de obra foi articulada pelo parlamentar municipal que reuniu o Núcleo de Costureiras da cidade para a produção dos itens. As entregas continuarão em postos de saúde da cidade e, em seguida, nas escolas e bairros.

Com essa pandemia nós tivemos essa ideia de confeccionar máscaras e doar para as pessoas, principalmente, as que não têm condições de comprar uma, o que culminou com a ideia das pessoas que frequentam os postos de saúde. Eu procurei o SENAI e nosso esforço conjunto já rendeu pouco mais de 4 mil máscaras e vamos seguir nessa empreitada”, explicou o vereador do município de Gurupi, Ataídes Leiteiro.

A gerente da unidade, Núbia Almeida, ressaltou a importância da parceria e do uso de equipamentos qualificados para que o resultado seja o melhor. “Estamos todos juntos no combate a Covid-19 e o SENAI, juntamente com os gestores públicos do município de Gurupi, através do vereador Ataídes Leiteiro, montou toda a estrutura para a confecção das máscaras com toda a segurança e eficiência que a instituição sempre proporciona em seus atendimentos a comunidade gurupiense”.

A produção de máscaras segue até sábado quando se encerra a primeira etapa de confecção e se inicia a distribuição em massa a todos os destinados, o vereador e o SENAI não descartam a possibilidade de produzirem mais itens para que o alcance de pessoas auxiliadas seja maior. (Da assessoria de imprensa)


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também