CLEBER TOLEDO
Atender a sociedade com um espaço de comunicação apartidário, focado na cidadania e comprometido com o desenvolvimento regional.

LIVROS & CIA / Juarês Alencar Pereira e o cordel “Jeito diferente de falar: Pernambuco versus Tocantins”

LIVROS & CIA / Juarês Alencar Pereira e o cordel “Jeito diferente de falar: Pernambuco versus Tocantins”
5 (100%) 12 votos
(Foto: Divulgação)

Airton Souza recebe premiação da UBE

Grande referência da poesia contemporânea paraense, o poeta Airton Souza, de Marabá, no sul daquele estado, viveu um dia histórico em sua vida, quando, na quarta-feira, 30, recebeu duas importantes premiações referentes ao Concurso Internacional de Literatura da União Brasileira de Escritores (UBE), em concorrido evento realizado na sede da Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro. Parabéns, poeta!

 

Juarês Alencar Pereira e o cordel Jeito diferente de falar: Pernambuco versus TO

Tarde de autógrafos em Cariri do Tocantins

Em tarde de autógrafo realizada no auditório da  Escola Municipal Divina Ribeiro Borges, em Cariri do Tocantins, o escritor Dorcídio Ponciano, lançou nessa quinta-feira, 31, o livro Vida de bebum, publicado pela Editora Veloso. Trata-se de um texto para teatro, cujo enredo apresenta diálogos curtos e expressões típicas da região onde vive o autor, com uma linguagem de fácil compreensão e um rodapé com o significado de determinadas palavras ou expressões.

Sobre o Autor

Nascido em Cariri do Tocantins, Dorcídio Ponciano é professor, com Licenciatura em Letras Português/Inglês, pelo Centro Universitário Unirg. Também é especialista em Gestão Educacional e Metodologias do Ensino de Arte, Educação Física e Língua Portuguesa, pela Universidade do Tocantins (Unitins). Além de ficção fantástica, também escreve crônicas. Em 2015 lançou o livro de ficção O Exército Híbrido – As Crônicas do Livro dos Dias.

Certame Literário

Organizado pela União Baiana de Escritores (UBESC) e pela Revista de Literatura Òmnira, está aberta a seleção de contos para o Prêmio de Literatura Professor Germano Machado – Revista Òmnira, para autores de países de língua portuguesa, até o dia 13 de novembro.

Para ter acesso ao regulamento completo, clique aqui.

(Foto: Luana Ferreira)

Escritor de Formoso do Araguaia

A crônica Deixe estar, de autoria do escritor e professor José Ferreira do Nascimento, residente em Formoso do Araguaia, conquistou a terceira colocação no Concurso Literário Nacional Palavras de Amor 2019, promovido pela Casa do Novo Autor Editora, de São Paulo. O certame literário reuniu contos, poesia e crônicas de autores de várias partes do Brasil.

Nícia Vieira e os “causos” de Porto Nacional

Procuradora aposentada do estado do Tocantins, atualmente, morando em Minas Gerais, Nícia Vieira Araújo intensificou sua atividade literária e está fazendo muito sucesso com o livro Causos que o povo contapublicado pela Editora B. A autora é titular da Academia Tocantinense de Letras (ATL).

Portuense

A obra é ambientada em Porto Nacional, cidade em que Nícia morou por dez anos e exerceu vários cargos públicos, entre os quais, o de professora universitária e delegada de polícia. Ela foi titular na primeira Delegacia da Mulher, Infância e Juventude na cidade, onde, nas horas vagas, se dedicava a registrar os “causos” que compõem a presente obra.

(Foto: Zacarias Martins)

O pensamento teológico de João Gomes da silva

Um interessante instrumento de orientação espiritual, tanto da vida biológica quanto da vida após a morte (que muitos acreditam existir), assim é visto o livro O oásis e as serpentes (90 Páginas, Editora Veloso), de autoria do festejado escritor, teólogo e conferencista João Gomes da Silva, de Gurupi, também autor de várias obras de cunho teológico já publicadas.

Segunda edição

Já na sua segunda edição, o livro aborda com detalhes alguns assuntos relacionados com o nosso dia-a-dia, seus riscos, suas armadilhas, indo do lado social ao lado espiritual, sem, no entanto, citar grupos ou denominações religiosas.

Questionamentos

Longe de querer ser o dono da verdade, João Gomes da Silva faz sérios questionamentos sobre a postura de certas lideranças religiosas que, sem cerimônia ou qualquer sentimento de culpa, desvirtuam o que se encontra registrado na Bíblia Sagrada com propósitos duvidosos, num flagrante desrespeito à Palavra de Deus e ao próprio ser humano, que acaba sendo enganado em sua fé.

Elogio da crítica

Um dos grandes expoentes da literatura gaúcha contemporânea, o escritor e crítico literário Nelson Hoffmann afirma que, nessa obra, João Gomes da Silva desmascara engodos e falsidades, indo ao cerne da questão: o conhecimento de Deus é a prática da religião.

Armadilhas

Hoffmann entende que a vida tem curso humano e transitório, em preparo ao divino e eterno. Ele ressalta também que inúmeras armadilhas nos cercam e só uma cartilha clara e definida pode nos orientar nesse emaranhado de tentações, desorientações e desvios: a Bíblia.


ZACARIAS MARTINS
É autor de seis livros de poesias e um de crônicas. Tem participação em mais de 50 antologias literárias pelo País afora. É ainda membro-fundador da Academia Tocantinense de Letras e da Academia Gurupiense de  Letras. Integrou o primeiro colegiado do Conselho Estadual de Cultura do Tocantins. Também representa o Tocantins na Academia Brasileira de Jornalismo (ABJ).

Informações sobre eventos literários e lançamentos de livros devem ser enviadas para Zacarias Martins pelo e-mail zacamartins@gmail.com.


COMENTÁRIOS

Os comentários nas matérias do CT devem ser postados nas redes sociais pelos links:
https://www.facebook.com/PortalCT
https://Twitter.com/PortalCT
Contato com a Redação: redacao@clebertoledo.com.br

Leia também